Categoria: O casamento

Vestidos de casamento civil para noivas maduras

Se você é uma mulher um pouco mais madura e não se identificou com nenhum vestido do nosso primeiro post sobre vestidos para o casamento civil, aproveite: este post é para você!

Agora, se você não é uma mulher madura, mas quer um estilo maduro, dá só uma olhadinha nesses modelos 😉

3cdde10a19ab19f6d6e679b2e485aba4b6fb4be35ef4e201f05006e45ce27dce7162e660accf1addd26b01d7ad34ce1fbdc9ba95d2a3e9fdd8b1489992e4a4d1ebc3f9bafe2b66b42dc1c3b62e6274394460a1d6a7deb93058027f7bbf42f5601b0b0cebe640af7f28a786d5ccf6252f

b7d8fa4c5fe008f40d5b267e42df3cac
Esse também fica lindo para as mães dos noivos usarem!

cf12f33706ac3dbb25cf542caf6e09b413905164a754022deca726242a81862f781d163f95c74642944d40b1fc56ac67

O bom é que muitos deles podem ser aproveitados para futuras ocasiões!

Não como outro “dia 23” qualquer. 

Hoje completamos 5 anos e 4 meses, mas esse é um dia 23 muito importante e especial: é o dia em que vamos dar entrada no nosso casamento civil.
Minha ficha ainda não caiu… Será que um dia vou entender que meu maior sonho aos poucos está se realizando?   

Casamento Civil | Tipos de casamento

No último post, começamos o assunto Casamento Civil, falando da documentação necessária e algumas dicas.

casamento-civil.jpg

Hoje vamos falar dos tipos de casamento civil:

Casamento em Cartório

Celebrado na sala de audiência ou local determinado pelo cartório. A cerimônia é realizada de forma pública, com as portas abertas e 2 ou mais padrinhos.

Casamento em Diligência

Celebrado fora do cartório, em buffet, salão ou onde os noivos solicitarem. Também deve ser realizado com as portas abertas, mas dessa vez com 4 ou mais padrinhos.

Casamento Religioso com Efeito Civil

Celebrado fora das dependências do cartório e também de portas abertas, mas quem preside o ato não é um juiz, e sim um a autoridade religiosa. Depois da cerimônia, o casal não recebe uma certidão de casamento, mas um termo de casamento, que deve ser levado ao cartório em até 90 dias para regularizar o casamento. Caso isso não seja feito, os noivos continuam sendo solteiros legalmente.

Conversão de União Estável em Casamento

O modus operandi é exatamente o mesmo do casamento em Cartório; a única diferença é que não há cerimônia. Após 15 dias da entrada na conversão, o casal pode retirar a certidão de casamento e o casamento começa a valer a partir dessa data.

 

 

Não sou advogada e nem especialista no assunto, então pode ser que tenha falado alguma besteira, né? Tudo que escrevi aqui foi com base nas minhas pesquisas e experiência com meu próprio casamento. Caso tenha aqui alguma informação errada, por favor, comente que eu corrijo 🙂

Casamento Civil | Documentação e dicas

Chegamos na fase em que temos que dar entrada no casamento civil.

casamento-civil628x240.jpg

E já aviso: é bem chato.

Então vou resumir aqui algumas coisinhas que descobrimos recentemente e que vale a pena você saber. Talvez esse post possa te ajudar.

  1. Você precisará de uma versão atualizada da sua certidão de nascimento. Se você levar a única que você tem, vai ficar sem nenhuma, porque o cartório a retém com eles.
  2. Antes de dar entrada no casamento civil, certifique-se com o cartório o que é necessário. Parece que muda de um cartório para o outro. Por exemplo: na maioria dizem que basta a presença dos noivos com a documentação, mas um cartório nos disse que as testemunhas também devem comparecer com a documentação na abertura do casamento civil. Vai entender.
  3. O cartório deve ser na região onde um de vocês mora, mas em caso de casamento civil em diligência (ou seja, aquele em que o juiz vai no local que vocês determinarem), o cartório deve ser na região onde ocorrerá a cerimônia.
  4. Casamento em diligência é caro. Avalie se para vocês compensa chamar o juiz no dia ou fazer o casamento civil à parte, em outro dia.
  5. O regime “automático” é de comunhão parcial de bens. Caso queira separação total de bens, é preciso fazer um pacto antenupcial antes de dar entrada no casamento civil, e apresentar o documento no dia da abertura.
  6. Quer fazer comunhão universal de bens? É preciso fazer o pacto antenupcial também!
  7. Caso queira fazer cerimônia em diligência, torça para o juiz poder ir na hora que você marcou sua cerimônia. No meu caso, desisti porque o juiz só poderia 1h depois que marquei a cerimônia (e ele deveria participar dela, né?). Não teria como eu mudar o horário porque os convites já estão sendo entregues. Para mim, atrasar não é uma opção (além de perder tempo da festa, é muito indelicado). Portanto, se fosse para ele ir depois da cerimônia apenas para a gente assinar o documento, preferimos fazer o civil outro dia (bem mais barato).

UPDATE (01/02/16): é necessário sempre levar 2 testemunhas no dia da entrada para garantir que o casal é legítimo. Essas duas testemunhas não precisam ser os padrinhos que vão assinar no dia do casamento!

Documentação necessária para abertura do casamento civil:

Solteiros: RG e certidão de nascimento atualizada e originais de ambos os noivos.

Divorciados: RG original e certidão de casamento com averbação de divórcio.

Viúvos: RG, certidão do casamento anterior e certidão de óbito do cônjuge falecido.

 

 

 

A abertura deve ser feita com antecedência mínima de 30 dias e máxima de 60. nessa etapa, ocorrerá um processo de averiguação do estado civil dos noivos. Os proclamas são feitos e se em 15 dias não houver impedimento (tipo uma doida vir falar “MANOEEEEELLL SEU CARA DE PAU, VOCÊ ME ABANDONOU COM AS CRIANÇAAAAAAA”sobre seu noivo), os noivos poderão se casar em até 90 dias.

 

No próximo post, você conhecerá os tipos de casamento possíveis.

 

Não sou advogada e nem especialista no assunto, então pode ser que tenha falado alguma besteira, né? Tudo que escrevi aqui foi com base nas minhas pesquisas e experiência com meu próprio casamento. Caso tenha aqui alguma informação errada, por favor, comente que eu corrijo 🙂

 

 

6 ideias de murais de recado que você precisa conhecer.

Foi-se o tempo em que o cool era deixar um livro na recepção para os convidados escreverem seus votos aos noivos. Depois ele fica lá, pegando pó e traça, né?

Agora você pode contar com alguma das ideias a seguir, que depois podem servir para decorar a casa e até divertir o casal!

Quadro com digitais dos noivos + assinatura dos convidados ao redor: uma maneira simples de registrar a presença de cada um.

Q17c5d7e84b751ad41905758615ae1220

Quadro com pecinhas em MDF: cada convidado pode escrever em uma pecinha.

d98ec11b8484cd26a3cd7930e99c879a

Quadro com corações em MDF ou papelão: cada coração, uma mensagem. Depois os convidados depositam o coração em uma abertura (é como se o quadro fosse uma urna).

ad5830249c70362ddb15b9dde3d279bf

Mensagens em peças de Jenga: perfeito para os noivos se lembrarem de cada convidado em uma tarde chuvosa de domingo.

adc9bcbe86a873dac8639b85ce7115f9

 

Mensagens em garrafa: é só deixar o material para seus convidados escreverem suas mensagens. Os noivos podem ler aos poucos, em momentos especiais.e9535926ab2a79ab95ae3a00356aef40

Quadro com árvore de digitais: você pode colocar as cores da decoração do casamento ou mais neutras, apra combinar depois com qualquer ambiente. Você pode também classificar por cores os convidados e pedirem que eles sigam as indicações (por exemplo: família da noiva em rosa, família do noivo em azul, amigos em comum em verde…). Só não se esqueça de deixar lenços umedecidos para seus convidados limparem os dedos!

a64e66aa54977a9bb034340ab472d876-1

2 dicas simples para escolher as músicas do clipe / edição da cobertura do casamento

Aí chega o profissional que vai fazer a edição da sua cobertura e fala:

– Preciso de 3 músicas pro making of, 3 pra cerimônia, 6 mais animadas pra festa…

E você fica:

01
“Cadê todas as músicas que eu conhecia?” – na hora do vamos ver, é normal ficar completamente sem ideias.

Para não passar aperto, vale seguir algumas dicas:

  1. Sempre que for escutar música, deixe a chavinha do “como ficaria no vídeo do casamento?” ligada em segundo plano. Vale para qualquer música, das mais românticas às mais agitadas (pra festa).
  2. Gostou de alguma? Crie uma playlist no Spotify ou no YouTube e adicione essa música, e faça o mesmo com todas que você acha que ficariam legais.

E… é. só isso mesmo.

Recentemente me apaixonei por duas músicas e vou compartilhar com vocês. Acho que ficariam lindas!

 

Veja também:

+ Clipe de casamento – a trilha sonora que mais combina com vocês

+ Músicas para o casamento – saiba quais evitar

+ Músicas para a entrada da noiva – fugindo da Marcha Nupcial

 

 

 

Finger Food para casamento | Bruschetta de Gorgonzola com Pera

Decidiu que vai servir finger food no seu casamento?

Além de economizar um pouquinho mais, investir em fazer o finger food é delicado e delicioso!

Confira mais essa receitinha de finger food que agrada facilmente qualquer convidado – inclusive, os vegetarianos 😉

finger food

Ingredientes

  • 1 pera wilians
  • 1 pão fatiado
  • 100 g de patê de gorgonzola

Modo de preparo

  • Assar o pão até ele ficar levemente torrado.
  • Fritar as peras na frigideira usando algumas gotas de água, ou asse com o pão no forno em temperatura alta.
  • Passar o patê frio no pão ainda quente e sobrepor algumas fatias de peras.

Ler isso na hora do almoço é sacanagem, né? Minha barriga já se manifestou aqui hahaha

 

*Receita cedida por Oba Hortifruti ao R7

Finger Food para casamento | Muçarela de búfala ao damasco

Tem quem pense que fazer o próprio cardápio do casamento dá muito trabalho. Para isso existe o finger food, para simplificar tudo em um coquetel!

Fazer finger food funciona muito bem para casamentos menores, como casamento civil, por exemplo.

finger food
Receita retirada daqui.

Mas quer ter quase zero de trabalho na hora de preparar o finger food para a sua festa?

Com essa receita, você apenas terá que fazer a montagem!

finger food

Ingredientes:

  • Muçarela de búfala
  • Geleia de damasco
  • Damasco seco
  • Hortelã

Montagem:

Em cada recipiente em que será servido, coloque a geleia e, por cima, uma cereja de muçarela de búfala espetada em um pedacinho de damasco seco. Ao lado, coloque algumas folhinhas de hortelã.

E só 🙂

finger food

Uma série para você ver com o seu amor nessa Sexta-feira 13

Não sei vocês, mas para mim não há nada MELHOR do que passar uma sexta à noite grudada no meu noivo vendo séries.

Para entrar no clima dessa sexta-feira 13, que tal uma série de terror que prende do piloto à season finale?

Para isso, recomendo muito Scream, uma série que foi inspirada na franquia Pânico.

Scream-MTV

Calma, não se trata de uma série clichê (para os apaixonados por terror) e nem uma série que dá medo (para quem morre de medo de terror, como eu).

scream gif
Eu, vendo episódio de terror do Chaves.

A série tem um suspense intrigante, com o mesmo tema dos filmes: alguém tá matando geral um grupo de adolescentes e começa a ameaçar a protagonista. Pronto, você começa a desconfiar de todo mundo e logo que começa a ligar os pontos, na cena seguinte os pontos não só se desligam, como praticamente explodem.

Ah, e claro: a série tem um leve toque de humor e ironia, que temperam a trama e te prendem até o final.

Para dar um exemplo: um dos personagens (Noah, meu favorito) diz logo no episódio piloto que seria impossível de ter uma série de terror. E começa a listar os motivos. É muito divertido ver isso em uma… série de terror hahaha

noah scream gif netflix
Noah <3

A temporada tem 10 episódios disponíveis na internet (que você assiste numa sentada só).

Chama aí o noivo, grudem no sofá e preparem a pipoca.

giphy
Mas juro que não dá susto assim haha

Finger Food para casamento | Salmão cremoso

Uma receita de finger food fácil de se fazer e de agradar é essa.

Além de ter um toque refinado por causa do salmão, o prato é fresquinho, perfeito para o calor. Mas atenção: mantenha esse finger food na geladeira até o último minuto do segundo tempo servir!

finger food
Receita retirada daqui.
Rendimento: 50 porções de finger food
Ingredientes:
  • 2,5 kg de filé de salmão limpo e sem espinhas
  • suco de 13 limões
  • 25 colheres de sopa de cream cheese
  • 13 colheres de sopa de shoyu
  • tomilho, alecrim, sal e pimenta-do-reino a gosto
  • azeite
  • massa de wrap torrada

Preparo:

  • Corte o filé de salmão em cubinhos bem pequenos, tempere com as ervas cortadas finamente e o suco de limão. Deixe marinando na geladeira por 1 hora.
  • Em uma vasilha, prepare um molho com sal, pimenta, shoyu e cream cheese.
  • Passado o tempo da marinada, misture o salmão com o molho de cream cheese.
  • Disponha em recipientes como colheres de porcelana, potinhos, torradinhas ou chips.
  • Coloque um raminho de alegrim, um pedacinho do massa de wrap torrada e um fio de azeite por cima de cada porção.

Hummmmm esse post me deixou com fome!

finger food

Para saber mais sobre como servir finger food, veja esse post.

%d blogueiros gostam disto: