Categoria: O casamento

Naked cake: ideias de bolos diferentes e modernos para o seu casamento.

O bolo mais clássico para o casamento é aquele todo branquinho, com detalhes delicados.

Mas se seguir o clássico não é com você (e se Cake Boss te inspirou a fazer um bolo diferente), aposte no naked cake (ou bolo pelado), o suprassumo da última moda em Milão em casamentos!

Ele é um bolo sem cobertura, onde a massa e alguns ingredientes (especialmente frutas e flores comestíveis) ficam expostos – dá até mais vontade de comer, pois é bem apetitoso, além de agregar um colorido a mais para a mesa!

naked-cake-coco-framboesa.jpg
Naked cake de coco com creme de framboesa.
naked-cake-frutas-vermelhas.jpg
Naked cake com massa de iogurte para a massa ficar mais fofinha!
com-flores.jpg
É só trocar a velinha pelo topo de bolo de casamento haha

naked-cake-19

naked-cake-17

naked-cake-9

naked-cake-2naked-cake-3e9af755da9a387bcd7fd5c58bedb2ae027bb116c9109eac89cb63975c858ba6fa5f4277088e4462d0d0bb440e8320ed57d5815d4ebcab8c4ea637fc55193841ee9d42ff766ed14b1a33d7ef901ce8ad7

 

Leia +

Topos de bolo – divertidos, diferentes e criativos

Bolos para casamento gótico

 

Fontes:
Dicas de Mulher
Chegou a Hora festas
Pinterest

 

Jogar garrafa de bebida: o momento mais memorável do casamento.

Jogar garrafa de bebida no casamento?

Sim, jogar garrafa de bebida no casamento!

Você se prepara para jogar o buquê. Se quer fugir do clássico, pensa em alternativas: buquê com fitas, buquê na caixa com cadeado, jogar Santo Antônio ou Cupido… Enfim, tudo aquilo que mencionamos no post da semana passada.

Mas e o noivo? O que pode fazer além de cortar a gravata ou, no caso do meu noivo, fazer um sorteio dela?

Tem quem escolha jogar o buquê de piriguetes…

jogar garrafa de bebida
Você encontra aqui.

Ou jogar “a bomba”…

jogar garrafa de bebida
Compre a bomba aqui.

Mas eu pensei: que interesse os homens têm de pegar pelúcias e bonecas? Participar da brincadeira apenas pela brincadeira? Isso é coisa que mulher gosta, não homem.

E do que homem gosta?

jogar garrafa de bebida
Exatamente isso, em apenas uma palavra.

Então optamos por jogar uma bebida!

Claro, não íamos jogar a garrafa (e causar um desastre no casamento).

A solução foi comprar uma bebida que viesse em caixa, e logo após eu ter jogado o buquê de flores e de Santo Antônio, meu marido jogou a caixa da bebida!

jogar garrafa de bebida
Essa foi a nossa bebida escolhida. Resultado: foi muito mais disputado do que os buquês!

Sério, que homem não gostaria de ganhar uma bebida? E tanto casados quanto solteiros podem tentar a sorte grande!

Foi tão disputado, que tinha gente subindo nos ombros dos amigos, subindo em cadeira… Gritando… Foi LEGENDARY! Muito mais disputado do que meus buquês!

jogar garrafa de bebida

Acreditamos que foi o momento mais memorável do casamento: mais do que o momento dos votos, a entrada da noiva e até mesmo do que o momento que caí de bunda na pista de dança (é, isso aconteceu).

E aí, animou para executar a ideia?

UPDATE: veja nesse post as fotos de quando meu noivo jogou a garrafa! Diversão garantida, prometo 😉

 

Cortar a gravata do noivo: uma alternativa caso você não queira explorar seus convidados descaradamente.

Um costume bem conhecido nos casamentos tem sido o ato de “passar a gravata”, no qual os convidados dão uma contribuição em dinheiro (com valor estipulado pelos noivos ou deixado a critério de cada convidado) em troca de um pedaço de gravata do noivo.

Eu, particularmente, não gosto disso, e sei que muita gente não gosta.

1.jpg
(Imagem daqui.)

Pensa só: os convidados já deram presentes, muitos tiveram que comprar roupa para a ocasião, e tem gente que faz o mesmo com o sapato da noiva.  Não cortando ele, claro, mas para arrecadar dinheiro das mulheres, que têm despesas ainda maiores em casamentos!

Claro, esse dinheiro é sempre bem-vindo e é uma boa ajuda aos noivos, que já têm muitas despesas, mas a forma que isso é feita pode ser diferente.

Pensando nisso, eu e meu noivo decidimos não cortar uma gravata, e sim sorteá-la.

Nosso sorteio da gravata do noivo

Não sorteamos a gravata em si que ele usou, porque era alugada HEHE

Mas compramos uma gravata bem bonita e pedimos aos padrinhos para nos ajudarem.

Precisamos de 3 homems:

1 para anotar o nome de quem contribuiu e colocar em uma latinha onde dizia “Vaquinha da lua de mel”

1 para recolher o dinheiro e colocar em uma garrafa com os mesmos dizeres

1 para mostrar a gravata a ser sorteada e colar um adesivo em quem contribuiu (para evitar de pedirem novamente a quem já contribuiu).

50-adesivos-hora-da-gravata-gravata-noivo.jpg
Você encontra esses adesivos online ou na rua das noivas. Geralmente vende pacotes com 100 adesivos.

Pedi aos padrinhos que:

  1. Não estipulassem valor, cada convidado contribuiria com quanto pudesse, mesmo que fosse 1 real.
  2. Não insistissem e nem forçassem a participação de ninguém.
  3. Não zuassem quem contribuisse com pouquinho.

No fim, o noivo fez o sorteio logo após a outra brincadeira que ele fez na festa (que contarei no próximo post) e até pareceu marmelada, mas quem foi sorteado foi justamente um amigão nosso, namorado de uma das minhas damas de honra!

1453289_10203969686002914_3958645251413873599_n.jpg
Ele já colocou na hora e isso rendeu até foto no insta!

Ou seja: todos participaram (até uma das minhas madrinhas hahaha) de forma leve e tiveram a oportunidade de ganhar uma gravata INTEIRINHA… Afinal, o que os homens iriam fazer com um pedacinho de gravata além de passar raiva?

Cogitamos também sortear entre as mulheres um batom igual ao meu, mas pensando no tanto que as mulheres gastam para ir a casamentos, descartamos a ideia.

E aí, o que acharam?

Jogar o buquê: sim ou não? | Alternativas que você pode e deve considerar.

Jogar o buquê é um clássico do casamento: uma forma divertida para ver quem será a próxima a se casar!

Algumas mulheres têm vergonha de tentar “a sorte grande”, e tem noiva que acha isso muito clichê e deselegante. Mas não tem jeito: o momento da noiva jogar o buquê é muito esperado pela maioria das mulheres!

Por isso, confira aqui as alternativas apara jogar o buquê, para que você não abra mão desse momento divertido e muito esperado pelas convidadas.

Jogar buquê de Santo Antônio, Cupido ou Sapo

Você os encontra aqui e aqui.

Para quem: quer fugir do clichê de jogar buquê de flores ou não quer jogar o próprio buquê porque fará a conservação dele depois.

Vantagem: mais convidadas terão chance de pegar, já que são buquês que ao serem jogados se desfazem.

Desvantagem: por dar mais chances a várias convidadas, ele não é tão disputado e valorizado quanto a pegar AQUELE ÚNICO E PRECIOSO BUQUÊ. Claro, isso se torna uma vantagem se você busca elegância nesse momento hahaha

Buquê em fitas

Nele, a noiva (preferencialmente vendada para não ser acusada de autoria em marmelada) se encontra no centro segurando o buquê, preso a diversas fitas coloridas cujas pontas estão nas mãos de cada convidada solteira. Ela começa a cortar fita a fita. An última fita que sobrar indicará qual será a convidada a ser a próxima noiva!

Você pode colocar uma argola com as fitas no cabo do seu buquê mesmo, ou encomendar um buquê menor (de flores naturais ou artificiais) apenas para isso, pois no final a convidada ficará com ele. Alguns já são vendidos com essas fitas, especialmente para isso.

jogar o buquê
Você encontra aqui.

Para quem: quer uma foto LINDA, além de prolongar a ansiedade das convidadas.

Vantagens: eu já disse que dá uma foto linda? E que as convidadas piram na ansiedade de ver que está entre as últimas fitas?

Desvantagens: cadê o barraco?

 

Buquê lacrado.

Cada convidada solteira recebe uma chave – mas apenas uma conseguirá abrir o cadeado do buquê, que está lacrado em uma caixa!

Esse você encontra aqui.

Para quem: quer inovar!

Vantagens: é uma maneira diferente e divertida de ver quem será a próxima noiva.

Desvantagens: pode ser algo minimalista e boring.

 

O que eu fiz?

Meu noivo fez um único pedido: que eu jogasse o raio do buquê de flores!

jogar o buquê
“Como a gente poderia abrir mão disso?”, ele me disse.

Sim, queríamos ver tapas e sangue!

Eu até queria fazer o buquê de fitas, mas resolvi atender o único pedido do noivo.

Eu não poderia jogar meu buquê, pois iria enviar ele para preservação posteriormente (no fim, ele já veio preservado, mas isso é assunto para outro post), então comprei um buquê de flores artificiais.

No entanto, após ter ido no casamento da Paty e do Alê, me animei em jogar também o Santo Antônio, afinal, eu peguei um santinho e fiquei feliz por essa “segunda chance”.

Então foi assim: joguei o buquê de flores artificiais e depois um com vários santinhos!

Mas esse foi apenas o começo das atividades do casamento…

Vejam nos próximos post o que o noivo fez!

 

 

 

Como foram as últimas horas antes do meu casamento #VlogTôCasando

Alguns detalhes do brunch do meu casamento civil

Com a ajuda da família toda, foi bem simples e fofo!

Casamento Civil - Mayra e Vitor_304
Mesa do bolo: meu noivMARIDO comprou as flores com a minha sogra e eu fiz os arranjos com a minha irmã. 

 

Casamento Civil - Mayra e Vitor_336
O bolo é de doce de leite com abacaxi, da Sodiê.

Casamento Civil - Mayra e Vitor_260

Amendoins apimentadinhos: baratos e fizeram sucesso!

Casamento Civil - Mayra e Vitor_266

Casamento Civil - Mayra e Vitor_364
Canudinhos vintage para decorar e serem usados, como mostrei nesse post.

O cardápio foi bem básico: sanduíche de metro, tortas de palmito e frango, torradinhas e 2 patês, além de cubinhos de queijo que meu sogro providenciou!

Para beber, sucos Maguary, refrigerantes, águas e, para brindar, um espumante.

Basicamente foi isso! Gostaram?

Meu casamento civil: como foi?

Já adianto: foi engraçado!

O dia, para mim, começou 4h30. Era para começar 5h30, para me arrumar, mas quem disse que a ansiedade deixou?

O Vítor dormiu na minha casa, então fiz ele ficar no quarto até ficar pronta. Quando terminei, vivi um momento de primeira reação: ele me viu de noiva pela primeira vez! Pena que não para registrar em foto, mas foi um momento muito fofo e nunca vou me esquecer do sorriso dele naquele momento!

Depois fomos ao cartório, e estava uma muvuca! Tanto que o André (nosso fotógrafo) tirou bem menos fotos do que gostaria, porque as fotos não ficariam legais com toda aquela bagunça. Ninguém pediu nossos documentos, apenas demos nossos nomes quando todos os convidados já estavam presentes.

Casamento Civil - Mayra e Vitor_13 copy.jpg

Casamento Civil - Mayra e Vitor_16 copy.jpg
Vítor vendo minha mãe cumprimentando seu avô.

Na cerimônia, o juiz foi muito gente boa, apesar de ter errado meu nome…

– Vítor Fernandes, aceita MAYARA Lobão como sua legítima esposa?

– *pqp ele é juiz, se eu corrigir ele vai ficar bravo…* ….. sim.

Nisso, alguém sussurrou: Mayra…

Casamento Civil - Mayra e Vitor_33 copy.jpg
“Hehe seu juiz, juro que não faço ideia de quem corrigiu o senhor…”

O juiz, gente boa, não ficou bravo, apenas pediu desculpas e repetiu a pergunta. Ainda pude brincar com o Vítor: quem é Mayara???? Hahahaha

Depois que ele nos declarou marido e mulher, achei que a cerimônia tinha acabado, e eu fui beijar o Vítor…

– Ei, quem disse que já podia beijar? – disse o juiz.

Casamento Civil - Mayra e Vitor_43 copy
Opa…
Casamento Civil - Mayra e Vitor_45 copy
Foi mal HAHAHA

Saindo de lá, fomos fazer umas fotos no Clube Juventus… Onde estava rolando um show do Patati e Patatá!!!!! Pois é. Um mundo de crianças e senhorinhas fofas olhando para nós, de noivos, com olhinhos brilhantes e sorrisos, foi bem legal!

Casamento Civil - Mayra e Vitor_244 copy.jpg

Casamento Civil - Mayra e Vitor_181 copyCasamento Civil - Mayra e Vitor_208 copyCasamento Civil - Mayra e Vitor_209 copy

Casamento Civil - Mayra e Vitor_232 copy
Príncipe Laranja…
Casamento Civil - Mayra e Vitor_237 copy
… resgatando a Princesa Vermelha hahaha
No final, claro, tiramos uma foto com os ilustres palhaços, afinal, nossa vida já é cheia de palhaçada e precisávamos registrar isso!

Casamento Civil - Mayra e Vitor_243 copy.jpg

Depois fomos para o nosso apartamento, onde fizemos um brunch apenas para a família.

Casamento Civil - Mayra e Vitor_373 copy.jpg
Foto em família!

Foi tudo tão lindo, divertido e leve que ainda estou nas nuvens! E até agora não me acostumei de chamar meu noivo de… MARIDO!

Casamento Civil - Mayra e Vitor_229 copy
Rindo. Juntos. Sempre. E para sempre!

Agora faltam 10 dias pro casamento cerimonial… Então, enquanto isso, aguardem para ver o restante das fotos do civil na página do André D’Ugo!

 

 

 

 

Entrevista com a noiva – essa mesma, que vos fala – após o casamento civil.

Pois é, eu sou doentia a ponto de fazer uma entrevista comigo mesma.

12718055_10205912919205623_3421102944881608016_n.jpg

As perguntas são as mesmas que fiz para a Paty, apenas com algumas adaptações.

Blog Tô Casando: Seu casamento cerimonial será daqui 12 dias. Falta muita coisa?

Mayra: Sim e não! Apenas pequenos detalhes, como preparar algumas coisinhas da decoração e levar tudo pro buffet!

BTC: Seu civil já foi e agora falta o religioso. Você já se sente uma mulher casada? Ou se sente “meio casada”? Ou ainda sente que dá pra ir até o chão com a Single Ladies?

Mayra: Que nada! Olho pro meu noivMARIDO e fico indignada que legalmente ele é meu marido hahaha

BTC: Durante o planejamento do casamento, quantas pessoas você teve vontade de matar? Alguém conseguiu despertar a Bridezilla? 

Mayra: Provavelmente quis matar tanta gente que até perdi as contas! A gente já está em uma fase sensível, mas as pessoas não entendem, colocam a vontade delas acima da sua e acham isso ok. Pra muita gente tive vontade de dizer: gente, é o MEU casamento, o seu já foi! Bom, pelo menos o noivo eu não quis matar, então posso me considerar sortuda hahaha

BTC: O que você está vivendo hoje em relação aos preparativos que no começo você NÃO FAZIA IDEIA de que viveria?

Mayra: Eu achava que a essa altura eu estaria mais atolada de coisas a fazer, mas como fizemos bastante coisa com antecedência, até que AGORA está tudo sob controle. Ah, o que está dando trabalho é a mudança pro apê, que a gente planejava ter feito há meses… E que não foi possível por motivo de ~forças maiores~ (aka pessoas enroladas).

BTC: Algumas noivas reclamam que o noivo não participa muito dos preparativos. Qual foi o grau de participação do seu?

Mayra: Ele me deixou orgulhosa! Participou de tudo, e com um sorriso no rosto, opinou, pesquisou, foi junto… Não tenho do que reclamar dele!

BTC: Alguma dica importante para as noivas que estão começando a planejar o casamento?

Mayra: Faça tudo com muita antecedência, não pense que “não precisa fechar/fazer agora, esse detalhe pode esperar”. Não, não pode. Teve tempo e oportunidade de fazer alguma coisinha da decoração? FAÇA. Senao você vai pirar nos últimos 3 meses – como eu.

BTC: Que dica você daria para as noivas sobreviverem às últimas semanas?

Mayra: Ainda estou tentando descobrir hahaha

 

Logo mais vou contar em detalhes como foi meu casamento civil e o brunch de comemoração, tudo isso recheado de fotos <3

Brunch no casamento civil | Para a data não passar em branco

Quando decidi fazer meu casamento civil em um dia diferente da minha cerimônia ~religiosa~, surgiu a dúvida: o que fazer depois do casamento civil?

– Valeu, obrigada, tchau?

ann-margret-bye-bye-birdie-o.gif

Seria estranho, né?

Cogitamos também ir a um restaurante com a família… Mas nossa família, no total, daria 15 pessoas. Sairia caro, e eu ficaria sem graça de pedir que cada um pagasse o seu consumo.

Então minha mãe me deu uma ideia: fazer um brunch após o casamento civil no meu futuro apartamento! Bolinho, um brinde e aí minha família aproveitaria e conheceria meu futuro lar. Tudo simples e bem gostosinho.

Adorei a ideia e agora estamos a poucos dias de realizar isso!

Aqui vai uma sugestão de cardápio para o brunch:

Comes

  • Sanduíche de metro
  • Salgadinhos tipo empadinhas
  • Torradinhas e patês
  • Bolo
  • Docinhos
  • Frutas

Bebes

  • Espumante para brinde
  • Sucos
  • Água
  • Refrigerante
  • Café

 

Essa parte é bem tranquila! É bem simples, não? Você pode também decorar a mesa e o ambiente para que fique tudo bem bonitinho.

554bb22d2b2c02cf8a020f7c679d4d5fd3b346642646990327a1333db342669673e4146fbc17b090e232d3e6800c221f971a5f203b48b0e1eaebcfca08952d210e030752a0ae4acd9fc5d008dc19eba61e028be2d4c16bb72abb093a1a46b7d1e197ede973c0aab4abc3b872e499b1f5e237489de6f25c37ce1c3ebb1b0100bc

afb5e87c98e6a033afa9416b4d6bcff3.jpg

Dia 05/03 será o meu casamento civil! Depois conto aqui como foi!

Entrada no casamento civil | Como foi?

Há 2 semanas finalmente demos entrada no casamento civil – e foi mais tranquilo do que eu esperava!

Vou contar aqui exatamente como foi.

Demoramos um pouco mais do que gostaríamos para dar entrada porque eu solicitei minha certidão de nascimento atualizada pela internet, por um site que terceiriza esse serviço. Levou umas 2 semanas para chegar. Meu noivo solicitou diretamente com o cartório, pela internet, e chegou em poucos dias (além de ter sido R$ 100,00 mais barato).

i2ro9k.jpg

Bom, tendo todos os documentos em mãos, combinamos de ir lá em um sábado de manhã com meus sogros, afinal, era preciso 2 testemunhas de que somos um casal legítimo (e não, não precisa ser as mesmas testemunhas que vão ser os padrinhos no dia do casamento).

Chegando lá, o cartório estava lotado! Claro, sábado de manhã costuma ser o dia com mais casamentos. Estava chovendo noivas lá e foi divertido observar (e julgar, desculpa!) os looks delas. Pensei: isso vai demorar horrores.

Mas que nada! Pegamos uma senha e já fomos os próximos a ser chamados!

Entregamos os documentos, preenchemos uma ficha e nos falaram: a partir do dia x, vocês podem escolher qualquer data de quinta ou sábado.

Escolhemos uma data e nos entregaram uma ficha que deverá ser preenchida pelos padrinhos (e entregue no cartório até 10 dias antes do casamento com RG simples de ambos). Nos informaram que podemos ter 2 padrinhos ou 4 (nesse caso, apenas 2 preenchem a ficha, e devem ser os homens, já que homem nunca muda de nome). Além disso, falaram que não precisa necessariamente ser um casal de homem e mulher: se quisermos 2 mulheres, 2 homens, e tal, pode!

Depois disso, nos pediram para aguardar, e isso foi o que mais demorou, mas nem foi tanto… Deve ter sido uns 10 ou 15 minutos.

Depois nos chamaram para conferir os dados dos documentos e da ficha. Nos deram uma guia para pagar no caixa (o que foi bem rápido, e custou R$ 394,10) e, enquanto fomos no caixa, o moço conferiu os dados das testemunhas. Depois voltamos e entregamos o recibo pra esse moço. E fim. Agora é só aguardar os proclamas e a data chegar! <3

(Aliás, hoje falta exatamente 1 mês pro nosso casamento no civil! Juro que foi coincidência hahahaha)

Elementos que me surpreenderam:

  • Todos os funcionários foram MUITO simpáticos. Não sei se foi preconceito meu, baseado em algumas experiências anteriores com cartórios, ou se o pessoal do Cartório da Vila Prudente é que é sensacional!
  • Achei que nem ligaria para esse momento, que seria apenas uma burocracia… Mas quando foi chegando perto de dar entrada no casamento, comecei a ficar muito ansiosa, e na hora de preencher a ficha fiquei tão empolgada que até esqueci qual a minha idade! Juro, até perguntei pro meu noivo hahaha depois fiquei muito feliz, não parava de tagarelar (que novidade…)!
12509070_10205668284249902_1519463309840701249_n.jpg
Logo após darmos entrada no casamento civil: felizes por dar mais um passo rumo ao Sr e Sra Fernandes!

E você, já deu entrada no civil? Como foi?

%d blogueiros gostam disto: