Searching for "noiva zen"

Minha experiência na Cochilo | Resenha | Noiva Zen

Sabe aquele dia em que você não está se sentindo muito bem e está com a energia em baixa?

Ou aquela semana que tem sido difícil?

Então, é bom quebrar um pouco a rotina e se dar de presente alguns minutinhos de relaxamento durante o dia.

Ontem eu fui na Cochilo, um espaço destinado apenas para quem quer tirar um cochilinho ao longo do dia.

Eu já tinha ouvido falar neste local e morria de curiosidade sobre ele. Quando descobri que uma das unidades era perto do meu trabalho, aí a curiosidade aumentou mais ainda!

cochilo
Foto do site

Como funciona:

  • Você escolhe o tempo que quer cochilar e é levado a uma cabine individual.
  • Quando estiver pronto pra cochilar, você aciona o botão INICIAR, e o tempo começa a ser contado.
  • Você pode cochilar tranquilamente, pois há uma trava interna da cabine e ninguém além de você poderá abrir a porta.
  • Ao término do cochilo, a cadeira vibra algumas vezes e a luz se acende.
  • Na saída, eles ainda oferecem um café bem gostosinho ou um chocolate.

A cabine:

cama cochilo cabine
Foto do site
  • Cadeira inclinada confortável
  • Painel de controle para marcar o tempo do cochilo e escolher uma das 3 estações de música: clássica, new age e sons da natureza.

    painel
    Foto do site
  • Interfone para falar com a recepção, caso necessário.
  • Cobertinha
  • Fones de ouvido.
  • Tampões de ouvido, caso não queira escutar música.
  • Luz azul relaxante e indireta, mas você pode optar por ficar com tudo apagado.
  • A cabine é climatizada, mas se você tiver calor pode ligar um sistema de refrigeração.
  • Gancho para pendurar roupas e bolsas.

Minha experiência:

Escolhi o cochilo de 30 minutos.

Mas eu estava tão animada com a experiência que eu não consegui cochilar.

e9e59245fee2b528ab6e3da6b0658633

Pois é.

Eu já estava escrevendo mentalmente esse post, e depois comecei a pensar nas coisas do meu futuro apê e… PÉÉÉÉ, acabou o tempo.

(esse “PÉÉÉ” foi ilustrativo, ok? Não tem campainha lá hahaha)

IMG_4495
Antes de começar o cochilo: tão empolgada que perdi o sono hahaha

Mas saí de lá tão relaxada, que valeu a pena. Com certeza em um dia em que eu esteja com MAIS sono (ou doente hahaha) eu vou cochilar e até sonhar hahaha

O único ponto negativo: a cabine climatizada é geladinha, eu estava de blusa de alcinha e a cobertinha era curta para mim (tenho 1,76m), ou seja, ou a sola do meu pé ficava gelada, ou meus ombros! E olha que sou calorenta… Mas tudo bem, na próxima é só levar um casaquinho 😉

IMG_4496
Cabide e meias roxas (não inclusas no pacote, são minhas mesmo hahaha)
IMG_4497
Fica bem mais escuro do que na foto divulgada no site deles. Muito delícia!

Onde tem?

Praça Antonio Prado, 33, conj. 710 E 711 | CENTRO | SP

Rua Joaquim Floriano, 871, conj. 21 e 22 | ITAIM BIBI | SP

Horário: das 7h às 19h

Valores:

15 min – R$ 12

30 min – R$ 14

45 min – R$ 17

1h – R$ 22

Para mais informações, acesse o site.

Claro que não é algo que dê para fazer todos os dias na hora do almoço, mas de vez em quando é bom se presentar com um momento relaxante 😉

*Não é publieditorial.

5 músicas para você relaxar esta semana #2 | Noiva Zen

Segundona é dia do quê?

02

Dia de playlist para você, noivinha, começar a semana inspirada e tranquila <3

Sufjan Stevens – The dress looks nice on you

(e é ótima para quem já encontrou o vestido ideal hahaha)

Plain White T’s – 1, 2, 3, 4

Ingrid Michaelson – You and I

Soko – I’ll kill her

(apesar da letra, é gostosa de escutar hahaha)

One Direction – Little things

5 músicas para você relaxar esta semana #1 | Noiva Zen

Você também sente que os preparativos para o casamento consomem muito do seu tempo e da sua energia?

Não estou reclamando, eu estou achando esses preparativos uma delícia!

Mas às vezes é bom simplesmente tirar o foco do casamento e relaxar (e escutrar música sem ficar pensando “Será que se encaixa na cerimônia? E no clipe? E na primeira dança?”).

Isso é vital para que a Bridezilla eventualmente não desperte.

Por isso hoje começa a série Noiva Zen, com dicas de músicas, atividades, filmes, séries e leitura para você relaxar e curtir você mesma.

Vamos à playlist da semana?

Então prepare os fones de ouvido e aproveite 😉

01

Ed Sheeran – Give me love

Shawn Mendes – Kid in love

Tanner Patrick – Merry go round

Gavin Mikhail – Don’t you worry child

Passenger – Let her go

Alguma dica para a próxima playlist? Que música você gosta de ouvir para relaxar?

Anéis de noivado diferentes | Fica a dica, noivo!

anéis de noivado diferentes

Para casais especiais, anéis de noivado diferentes!

Se para você o solitário é muito comum e não combina com você, veja como são diferentes esses anéis de noivado!

Passeando pelo mundo mágico da Etsy, acabei sendo atraída pelo setor de casamentos (claro! rs). E o que vi foi como um soco na boca do estômago, de tanto que me faltou o ar na hora: anéis de noivado diferentes e muito especiais! Logo pensei: preciso postar sobre isso!

São baratos? Não são, e ainda você corre o risco de ser taxada. Mas bem vale tentar se aventurar para encomendar ou mandar fazer um modelo parecido aqui no Brasil (dica pro noivo hahaha), assim como o meu, que foi feito sob encomenda <3

Vamos ver o modelos que me fizeram quase chorar de tanta alegria por eles existirem?

anéis de noivado diferentes
Simples, delicado e diferente! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
A parte de baixo é a aliança de casamento. A parte “pontudinha” é o anel de noivado! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Pedras incrustadas *-* Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Moderno pra caramba! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Parece anel de noivado de sereia! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Modelo clássico, mas com folhinhas no aro que dão um toque especial! Comprei aqui.
anéis de noivado diferentes
Me lembra casamento irlandês! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Mais um modelo clássico, mas com o aro fazendo a diferença! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Anel rústico, com uma pedra praticamente bruta. Amei! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Diamante negro bruto. Como não achar lindo de morrer? Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Prefere diamante branco? Sem problemas, tem esse modelo também! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Com água marinha bruta. Podia ser mais um de sereia hahaha compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Já vimos o anel de noivado de sereia, agora vemos o da fada hahaha diretamente dos contos de fadas para o seu dedinho xD compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Ai, que minimalista! Compre aqui.
anéis de noivado diferentes
Mais um minimalista incrível! Compre aqui.

 

Nossa, todos eu usaria como anel, mesmo, sem precisar ser de noivado hahaha

Leia +

Anel de noivado com pingente

Vestido de noiva | Confira os detalhes do meu!

O vestido de noiva é um item muito especial do casamento, tanto que gera muita curiosidade por parte das convidadas e mulheres em geral.

(não sei se vocês ficaram curiosas em relação ao meu vestido de noiva, mas enfim hahaha)

Hoje o post mostrará alguns detalhes do meu vestido de noiva, ou melhor, do meu “vestido ideal”.

Fotos por André D’Ugo e Michelle Rafael.

Eu queria um vestido de noiva sem bordados, no máximo com renda. Mas me apaixonei pelo bordado de perolinhas e pequenos brilhos!

vestido de noiva
Comprei meu cabide na elo7, nesta loja.

vestido de noiva

O modelo também não era o que eu planejava: imaginava um vestido com corte saia evasê, mas quando provei esse vestido de baile (também conhecido como vestido princesa), vi que vestia muito melhor em mim!

Um detalhe que fez com que esse fosse imbatível em relação aos outros vestidos de baile é que o bordado desce um pouco pela saia. A maioria dos vestidos princesa t6em a saia começando da cintura, e eu me sentia meio barriguda com esses modelos. Tendo esses bordados descendo pelo quadril, o efeito barrigão não aconteceu!

vestido de noiva

vestido de noiva

vestido de noiva

vestido de noiva

vestido de noiva

vestido de noiva

vestido de noiva

 

O vestido foi alugado (1º aluguel) na Juarez Fernandes, na Rua São Caetano.

Espero que tenham gostado do meu vestido! Fazendo esse post, já me deu saudade dele!

Entrevista com Paty Toledo | 1 ano após o casamento

casamento campos do jordão

Ontem fez 1 ano que a Paty teve seu casamento religioso. Para comemorar essa data tão marcante, fizemos uma entrevista com ela, para saber sobre a vida de casada. Afinal, tudo não acaba na festa de casamento, ela é apenas o início de uma linda história <3

vida de casada

Blog Tô Casando: 1 ano de casada: o que mudou na sua vida neste primeiro ano?

Paty: Olha, entre eu e o Alê não mudou nada. Como já morávamos juntos antes já sabíamos mais ou menos como seria. Óbvio que estamos mais juntos, agora somos só nós dois (e as gatinhas). Virei dona de casa (e descobri que amo lavar roupa e odeio arrumar cama) e no começo isso foi o mais difícil para mim até acomodar tudo no lugar e eu pegar o jeito da rotina do dia a dia. As relações com outras pessoas mudaram também, algumas pra melhor e outras para pior. Impressionante como algumas pessoas se afastam de você só por causa da sua felicidade.

BTC: Você sente falta de ser noiva?

Paty: Não de ser noiva em si. Sinto falta do planejamento, daquela ansiedade da espera e de saber como seria o tão sonhado dia.

BTC: Do que você sente mais saudade do noivado? E do dia do casamento?

R: Bom, como eu disse nós moramos juntos por 6 anos antes de casar, então na verdade não mudou nada, então não sinto saudades de nada específico. MENTIRA, sinto sim. Sinto uma saudade imensa de ir almoçar e já ter o almocinho de todo dia pronto e quentinho me esperando (na casa da minha sogra). E olha que eu amo cozinhar hein?! rsrs

Sobre o dia do casamento, juro para você que não lembro nem 10% do dia. Foi tanta correria, tanta ansiedade, coisas que não deram muito certo, mil pessoas vindo falar comigo ao mesmo tempo, eu simplesmente não lembro! Mas sinto falta daquela sensação de estar casando, de ter um sonho realizado. Acho que só casando a pessoa vai entender qual é essa sensação.

casamento campos do jordão
BTC: Passado 1 ano da festa: valeu a pena ter feito a festa? Faria algo de diferente?
Paty: Ah valeu, valeu muito a pena. Mesmo que não tenha sido 100% como eu queria e algumas coisinhas que não deram certo e não saíram como planejado, valeu cada minuto!

Sobre algo diferente, sim. Teria escolhido outras assessoras, pois as minhas prometeram x e fizeram y. Não teria convidado muitas pessoas que foram convidadas e teria convidado outras no lugar. Teria escolhido outro penteado, pois o que eu escolhi não sai como eu queria. E nem se fala da equipe de maquiagem né? Se eu pudesse, teria chamado mais pessoas para maquiar minha mãe, irmã e daminhas, e teria ficado com uma maquiadora só para mim. Assim eu não teria me atrasado quase 2 horas e não teria perdido o coquetel do meu próprio casamento.

BTC: O que faz você não querer voltar no tempo quando se lembra do noivado?

Paty: Como eu noivei depois de morar junto com o Alê, não mudou muita coisa na relação. Então não tem nada específico que me faça querer voltar.

BTC: O que você mais ama da vida de casada?

Paty: Adoro a sensação de sermos uma família. De poder andar como eu quiser dentro da minha casa e ninguém falar nada. Adoro quando estou cozinhando e o Alê vem me abraçar e xeretar nas panelas o que estou fazendo. E claro, as noites (com uma tacinha de vinho) sentados no sofá assistindo nossas séries favoritas (com as gatas no nosso meio).
casamento campos do jordão

BTC: As pessoas adoram fazer previsões apocalípticas quando você vai se casar: que depois que casar, o casal não vai mais ser fofo, ou que as brigas aumentam… Fizeram isso com você? Se sim, a previsão se concretizou?

Paty: Se fizeram, não falaram na minha frente. Minha mãe sempre disse que estava mais do que na hora de eu ter a minha casa e que ia ser uma delícia a vida de casada. E realmente é.

BTC: O que você imaginava sobre a vida de casada que percebeu que é real? E o que você nem imaginava?
Paty: Imaginei que seria muito bom ter a nossa vida no nosso espaço, e realmente é bem melhor do que eu pensei! Não ter que dar satisfação para ninguém e não ter ninguém reparando e tomando conta das coisas e horários é ótimo. Realmente é um “pé no saco” ser dona de casa. Dá nos nervos ver o pó, ver a casa desarrumada, a pia cheia de louça, etc. etc. etc. E eu achava que conseguiria ficar sem faxineira e empregada… hahahaha
Empregada ainda não tenho, mas não nasci para ficar varrendo a casa e passando aspirador de pó. POR FAVOR, quero de presente de Natal aquele robozinho aspirador. #ficaadica
casamento civil em restaurante
Foto do dia do casamento civil.
Olha só como é legal ver um pouquinho do que muda e do que não muda depois do casamento. Mesmo para eles, que já moravam juntos há tantos anos, o casamento trouxe aquele momento de mudança, que só fez bem para a relação!
Que os próximos anos sejam sempre assim, felizes!

Morando junto | Os primeiros meses

morando junto

Seja por ter casado, seja por ter juntado as escovas de dentes, todas nós aqui um dia passamos ou vamos passar por essa grande mudança: o momento em que passamos a morar com um homem.

batutinhas gif

Dependendo do tipo de relação que vocês tinham, talvez nem dê pra sentir tanta diferença. Eu achava que não sentiria, mas mesmo vendo e dormindo com meu marido quase todos os dias (quando era noivo/namorado), a mudança foi gigante para mim. E ao mesmo tempo não foi.

Passamos por algumas etapas.

  • No início, parecia que não era verdade. Que estávamos apenas viajando e compartilhando um chalé, como já fizemos tantas vezes. Era engraçado porque quando viajávamos, sentíamos que estávamos morando juntos. Depois que nos mudamos, a sensação era de que estávamos viajando.

morando junto

  • Não sei ele, mas eu me sentia sem graça em alguns momentos, com medo de incomodar, sabe? Era como se eu fosse visita na casa dele e, ao mesmo tempo, ele fosse visita na minha. De qualquer forma, até hoje parece que todos os dias são finais de semana.
  • Também era estranho o fato de não nos falarmos mais pelo celular antes de dormir e nem de mandar mensagens de bom dia todas as manhãs.
morando junto
Digamos que a comunicação agora está muito mais fácil.
  • Ao mesmo tempo, éramos os mesmos. Não passamos a brigar (como tentaram me apavorar me alertaram que poderia acontecer), a relação ficou ainda mais próxima. O fator “saudade” não era mais desesperador como no namoro (embora eu tenha saudade dele enquanto trabalho), mas agora fica aquele aconchego no coração de que vou chegar em casa e ele estará lá me esperando. É muito bom sair de casa sabendo que voltarei e verei ele.
  • No início, estávamos meio paranoicos em deixar a casa SEMPRE em ordem e impecável. Estávamos sempre limpando, arrumando… E claro, logo eu estava esgotada. No começo cada um ia fazendo o que vinha na cabeça, tipo, quem ia lavar as roupas, quem ia passar o aspirador… E decidimos, então nos organizar: quem faria o quê, quando e com que frequência. Olha, foi a melhor coisa que fizemos, porque aí não me sinto chata de ficar lembrando ele de fazer as coisas (quer dizer, às vezes precisa, mas aí não me sinto chata HAHAHA).
  • Hoje, ainda tentamos manter nossa casa sempre organizada e limpa, na medida do possível. Tudo muda quando se tem gatos em casa, né? hahahaha hoje fazemos uma limpezinha um pouco mais pesada quando recebemos visita, e achamos ótimo, mesmo que a visita diga que não precisa disso: a gente meio que se sente na obrigação de qualquer forma, e isso ajuda a manter a ordem na casa.
  • Aliás, quando nos mudamos, sentimos muita falta de ter bichos, já que fomos criados rodeados de peludos. Voltando da lua de mel, já logo adotamos 2 gatinhos irmãos, Lucy e Google. Hoje temos também a Juju, gatinha que era da minha irmã e que passou a não se dar bem com as irmãs. Ainda, vira e mexe a Nina, minha cachorra (que mora com a minha mãe), vem passar umas temporadas conosco. Hoje a casa não está sempre limpa e arrumada, tem bolinhas de papel e bolotas de pelo espalhadas… Mas agora o lar tem mais calor, mais alegria! A família está completa <3
morando junto
Nina
morando junto
Google e Lucy
morando junto
Juju
morando junto
Nossa casa, antes de ter “vida”.

…. e depois! <3

13077103_10206330052833703_4126789821212939622_n

morando junto

morando junto

  • Sabe aquele estranhamento inicial? Hoje o estranhamento acontece quando lembramos de como era ANTES de morarmos juntos. É algo tão sem sentido: um universo em que Mayra e Vítor não compartilham o mesmo lar. É como se sempre estivéssemos morando juntos. E eu amo isso!
  • Um ponto negativo, mas que é inevitável: falar de dinheiro. Argh, como odeio isso. Mas quando o casal compartilha as contas, é inevitável.
morando junto
É assim que a gente se sente cada vez que vai no mercado.
  • Um ponto positivo além de todos que já citei, mas que entra aqui como um bônus: eu não preciso mais andar de mochilinha de roupas por aí e nem ele precisa mais levar o guarda-roupa no porta-malas do carro hahaha
morando junto
Era assim que eu me sentia.

Aliás, as dicas desse post ajudam muito se aplicadas no casamento, também. Porque morar junto não é fácil – quando os dois não se dedicam a manter o namoro mesmo estando casados.

E para vocês, como foi? Como está sendo?

 

Casamento Milena e Daniel | Últimas horas antes, primeiras horas depois #Vlog

E claro, eu não poderia deixar de registrar o backstage do casamento da Milena e do Daniel com um vlog bem "do meu jeitinho" hahaha

      E finalmente o grande dia chegou: o casamento da minha irmã!

E claro, eu não poderia deixar de registrar o backstage do casamento da Milena e do Daniel com um vlog bem "do meu jeitinho" hahaha

E claro, eu não poderia deixar de registrar o backstage do casamento da Milena e do Daniel com um vlog bem “do meu jeitinho” hahaha

Aperte o play e confira!

Com certeza foi o casamento que mais me fez chorar, afinal, é como eu disse na nossa página: durante a vida toda sonhamos em ser noivas, mas a vida não prepara o nosso coração para a emoção de ver sua irmã como noiva!

Agora, alguns pontos que minha irmã pediu que eu ressaltasse nesse post, para que vocês se atentem em relação aos fornecedores:

(pediu mesmo, até brincou: “Eu PAGO pra você escrever isso!”)

  • O vestido dela, feito na loja Juarez Fernandes (mesmo local onde fiz o meu vestido e o vestido que minha mãe usou no meu casamento) logo no início da festa DESCOSTUROU na frente, ou seja, toda a base do vestido soltou do decote da renda, deixando um look um tanto… revelador. Logo no início da festa, como eu disse. Quando ela foi ao banheiro. Ela não fez nada demais, a costura simplesmente se desfez. E logo que minha irmã vestiu o vestido, ela já tinha sentido que aquilo estava meio frouxo. E aí, quando soltou de vez, a assessora dela teve que recosturar tudo, e AÍ SIM o vestido ficou firme e ofereceu o suporte necessário para a noiva (se é que vocês me entendem)… Ou seja, talvez a loja devesse contratar essa assessora xD
  • O DJ da TBS Premium pirou na batatinha. Minha irmã enviou um roteiro DETALHADO das músicas da cerimônia, mas ele errou feio, errou rude. Eu reclamei que o meu DJ errou várias coisinhas, mas ninguém mais percebeu, apenas eu e o Vítor, que conhecíamos a sequência certa. Mas não foi o caso dos erros do DJ do casamento da minha irmã: eles foram perceptíveis para os convidados, pois por diversos momentos a cerimônia ficou sem música alguma, ele fez cortes secos e (acredito que) o pior: sem querer colocou a música de saída dos noivos (uma do KISS!!!!) bem nas palavras sobre espiritualidade de uma das madrinhas, um momento que era para ser mais emocionante e introspectivo. Colocou a música, ela tocou alguns segundos e depois ele deu aquele cortão seco. Resultado: os noivos ficaram tão perturbados com isso que sequer puderam curtir a cerimônia como se deve.
  • E não foi só aí que minha irmã, com razão, ficou chateada: na festa também. Ela foi bem clara em relação às músicas que ela queria e as que não queria. Ela disse para mim que a festa seria praticamente como uma balada dos anos 80 e com funks clássicos (ela LISTOU que músicas queria, pra não ter erro), sem as músicas irritantes de modinha. No fim, ele só tocou UMA música dos anos 80, muitos funks que ELE julgava clássico (e que ela não queria que tocasse – até que ela foi reclamar e ele colocou os que ela pediu) e TACOU música irritante de modinha (quando começoou a tocar o TRA TRA TRA e o Lepo Lepo, pensei: SENHOR, que ela não esteja ouvindo isso!).

Basicamente foi isso. Problemas, sempre vão existir.

Mas os pontos positivos também!

  • A decoração estava impecável e a equipe do buffet foi muito atenciosa.
  • A comida? INCRÍVEL!
  • A assessora foi ótima e, de fato, ter uma profissional competente para fazer esse trabalho é fundamental.
  • A maquiadora e a cabeleireira foram incríveis, pontuais e muito atenciosas, fazendo exatamente o que pedimos e, quando tiveram a liberdade de escolher por nós, elas souberam tomar ótimas decisões. Por exemplo, deixei a escolha do meu batom por conta da profissional, e no fim ela escolheu melhor do que eu teria escolhido. E elas foram bem rápidas, deram conta de arrumar 4 pessoas com folga de tempo e tranquilidade.

Bom, agora aguardem as fotos oficiais do grande dia! Esse post foi apenas uma prévia 😉

Vestidos para inverno | O que vestir na festa?

vestidos para inverno

Então você foi convidada para um casamento e está fazendo um frio de lascar. Como não morrer congelada? E se você não tem vestidos para o inverno?

Veja nesse post inspirações de vestidos para inverno, para você arrasar na festa! – mas não mais que a noiva, ok?

Vestidos para inverno – madrinhas e convidadas

As mangas compridas rendadas são ótimas opções, e há muitos modelos disponíveis. Atente-se para a manga estar perfeita em seus braços: nem muito solta, nem muito apertada.

vestidos para inverno

A manga pode ser quase toda transparente, apenas com poucos detalhes de bordado ou brilho. Cuidado com o modelo abaixo: a cor pode não ser apropriada para um casamento porque, ao longe, parece off white!

vestidos para inverno
vestidos para inverno

Vestido perfeito para mães dos noivos!

vestidos para inverno

Casacos

Se você já tem um vestido, não quer comprar outro e não quer morrer congelada, opte por casacos de pele (sintética, POR FAVOR) ou de tecidos mais chiques ou até mesmo bolerinhos rendados.

vestidos para inverno

vestidos para inverno

vestidos para inverno
Ignorem esse vestido fresquinho, foquem nesse casaco! hahaha

 

 

Leia +

Vestidos de festa plus size

 

 

Receita de caipirinha com água de coco e picolé

receita de caipirinha

Quer uma bebida gostosa e diferente? Teste essa receita de caipirinha que vai ser sucesso!

receita de caipirinha

Sim, estou falando para você TESTAR uma bebida. Sim, estou te incentivando a fazer uma receita de caipirinha e beber só para ver como é. Você está organizando um casamento, caramba, merece um drink de vez em quando! E se gostar, pode servir no chá bar, chá de cozinha, ou até mesmo para receber amigos em casa!

Essa receita de caipirinha pode ser feita com limão e o picolé de sabor correspondente, mas nada te impede de fazer com outras frutas e sabores de sorvete.

Vamos à receita!

Ingredientes:

200ml de vodka (ou o álcool que preferir para fazer caipirinha)

1/2 limão

150ml de água de coco

1 picolé de limão

Gelo

Rendimento: 1 drink, ou seja, o SEU! 😀

Como faz?

  1. Corte o limão e retire o miolinho branco dele. É ele que pode deixar sua caipirinha amarga, caso não seja retirado.
  2. Esprema o limão com ajuda de um socador.
  3. Acrescente a água de coco e a vodka e misture.
  4. Mergulhe o picolé e pedrinhas de gelo e DIVIRTA-SE!

receita de caipirinha

 

%d blogueiros gostam disto: