Searching for "lua de mel"

Decoração do quarto de casal | A lua de mel no dia a dia

decoração do quarto de casal

Quem está casando, é bem provável que esteja montando também a casa em que o casal vai viver. Alguns já vivem juntos, mas é sempre bom ver dicas de decoração até mesmo para dar um up, ainda mais quando pode-se fazer coisas tão simples e até que baratas. Por isso o foco do post de hoje é a decoração do quarto de casal!

Geralmente, o quarto que os casais ficam na lua de mel são lindos, românticos e têm todo um ar de “isso aqui é caro!”. Mas com alguns toques você pode ter um quarto de hotel na sua casa!

Decoração do quarto de casal

Na parede de trás da cama, que tal colocar uma cor diferente das outras? Se optar por uma cor mais sóbria, o quarto terá um ar sofisticado, que pode ganhar um ar de luxo dependendo dos itens decorativos, como o lustre, a mobília, o abajur…

Colocar algum adesivo com alguma frase também é legal, pois traz um ar moderno ao ambiente.

decoração do quarto de casal
Melhores amigos por toda a vida; marido e mulher.

Vejam que no caso acima, além de tudo, a colcha e as almofadas fazem a diferença. É bem gostoso ir dormir de noite e se deparar com uma cama bem arrumada e decorada. Por isso, ao comprar seu enxoval de cama, já pense nas combinações de colcha, lençol, fronhas, porta-travesseiros… Como no caso abaixo:

decoração do quarto de casal

Ale´m da combinação da roupa de cama, há uma linda cabeceira, que dá um ar todo romântico e chique para o quarto, junto com a cor da parede e o lustre.

E se você não puder/quiser ter cabeceira de cama?

Bom, há algumas alternativas que acabei encontrando quando me deparei com esse impasse: eu queria cabeceira e meu marido achava que seria um gasto desnecessário. Mas com criatividade e um investimento bem menor, você pode ter algo que ajude a compor a parede de trás da cama.

No caso a seguir, temos as iniciais do casal. Sabe aquelas letras que muitos noivos utilizam para a decoração da mesa dos doces?

decoração do quarto de casal

Você pode reaproveitar as suas e colocar na parede, sem precisar fazer furos. Basta colocar uma argolinha no verso e prender com aqueles ganchinhos adesivos.

ganchos adesivos de parede

Outra alternativa é fazer uma composição com fotos do casal ou, melhor, ainda, apenas com fotos do casamento! Nos exemplos a seguir, as camas até têm cabeceira, mas elas são tão secundárias que não fariam falta.

decoração do quarto de casal

Hang a blown up engagement photo above the bed...finish the newlywed look with cute throw pillows...where can I register for these?!:
Além disso, palmas para essa composição de almofadas!

Outra alternativa para a decoração do quarto de casal sem cabeceira é fazer com que a parece de trás fale por si só; no caso do exemplo abaixo, fizeram ela revestida de madeira (o que pode ser feito com papel de parede texturizado) e iluminação. Chique e rústico!

decoração do quarto de casal

Você pode também simplesmente colocar uma prateleira e adicionar itens decorativos: quadros, fotos, aquele bibelô que compraram na lua de mel…

decoração do quarto de casal

E com os mesmos ganchinhos adesivos que mencionei há pouco, tecidos translúcidos e luzinhas de natal, vocês podem ter uma decoração MUITO mágica e romântica.

decoração do quarto de casal

Claro que na foto acima há toda uma estrutura para dossel, mas você pode focar apenas na parede e fazer uma cabeceira incrível.

Foi mais ou menos o que fiz no meu quarto; apenas não coloquei o tecido. Utilizei os ganchinhos adesivos e luzinhas que sobraram da decoração do meu casamento. O resultado nos fez bastante felizes: saiu barato, dá a ilusão de cabeceira e deu um toque diferente para o quarto.

decoração do quarto de casal
Quando apagado, a parede ao menos não fica pelada.
decoração do quarto de casal
Quando acende…. MAGIA, AMOR E UNICÓRNIOS HOLOGRÁFICOS!

Na época da foto, eu ainda não usava os travesseiros sobressalentes com porta-almofadas; hoje em dia gosto de colocar eles na cama feitinha porque dá um ar de quarto de hotel xD

 

NIIIIIAR… FAAAAAAAR… – Lua de mel em Buenos Aires – Dia 02 – Blog Tô Casando #Vlog 

Lua de mel em Buenos Aires – Dia 01 – Perseguidos por patos! 

Lista de casamento da Fast Shop

lista de casamento

Quando se trata de lista de casamento, é comum surgir a dúvida: onde fazer? Será que faço em um lugar que seja via cotas (como no site iCasei ou emotion.me) ou em um lugar que seja de venda de produtos? Quais as vantagens e desvantagens de cada local?

lista de casamento

Caso você já tenha sua casinha montada, a opção de cotas para lua de mel é ótima, já que vocês recebem o valor em dinheiro.

Nós optamos elo seguinte: estamos montando nosso apê AND precisamos de dinheiro – por que não dar opções aos convidados?

Escolhemos fazer nosso site de casamento no emotion.me e lá colocamos cotas de lua de mel e links para nossas listas de casamento.

wait-what-gif

Isso mesmo. Listas. No plural – afinal, se a ideia era dar opções aos convidados, que se faça isso direiro, né não?

Para que isso dê certo, o ideal é não repetir produtos nas listas. Por exemplo: em uma você coloca eletrodomésticos, em outra itens de decoração, em outra coisinhas mais úteis para a casa… Por exemplo, não coloquei liquidificador em duas listas, apenas em uma, entende?

Devo fazer uma lista de casamento? Não fica chato pedir presente?

Não fica chato, relaxa! Já é algo que não só as pessoas esperam dos noivos, como também cobram eles para facilitar as coisas. Todos querem dar presentes aos noivos, faz parte da tradição. Vai por mim: se não fizer lista, muita gente vai te cobrar e pedir que faça. E se ainda assim não fizer, prepare-se para ganhar 5 panelas de arroz, 3 de pressão e 7 jogos de copos.

"Nossa, obrigada, tia, não, eu não tinha isso ainda não..."
“Nossa, obrigada, tia, não, eu não tinha isso ainda não…”

Como funciona a lista de casamento?

Em todas, a ideia é a mesma: pelo site mesmo você escolhe que produtos quer ganhar (modelo, marca, quantidade, cor…). Ou seja: os presentes que você receber serão do jeitinho que você gosta! Você também pode fazer sua lista nas lojas físicas. Eu fiz tudo online.

Hoje (e nos próximos posts), vou contar um pouco sobre as lojas onde fiz minhas listas.

Lista de casamento da Fast Shop

lista de casamento fast shop

Aqui colocamos poucos produtos, já que a loja é um pouco cara. Para minha surpresa, ganhamos um presente vindo dessa lista: nossa amada Apple TV <3

Vantagens

  • Opções de presentes mais premium, para quem puder/quiser investir mais no presente.
  • Você pode solicitar a entrega do presente assim que o convidado efetuar a compra, podendo solicitar quantas entregas sejam necessárias.
  • Usabilidade de site clara, objetiva e instintiva. Performance ótima – ou seja: não dá pau.

Desvantagem

  • Só tem itens caros, então não é muito boa para ser a sua única lista de casamento.

Não perca os próximos posts, onde falarei sobre as listas de casamento do Ponto Frio, Camicado, Tok&Stok e Preçolandia!

Morando junto | Os primeiros meses

morando junto

Seja por ter casado, seja por ter juntado as escovas de dentes, todas nós aqui um dia passamos ou vamos passar por essa grande mudança: o momento em que passamos a morar com um homem.

batutinhas gif

Dependendo do tipo de relação que vocês tinham, talvez nem dê pra sentir tanta diferença. Eu achava que não sentiria, mas mesmo vendo e dormindo com meu marido quase todos os dias (quando era noivo/namorado), a mudança foi gigante para mim. E ao mesmo tempo não foi.

Passamos por algumas etapas.

  • No início, parecia que não era verdade. Que estávamos apenas viajando e compartilhando um chalé, como já fizemos tantas vezes. Era engraçado porque quando viajávamos, sentíamos que estávamos morando juntos. Depois que nos mudamos, a sensação era de que estávamos viajando.

morando junto

  • Não sei ele, mas eu me sentia sem graça em alguns momentos, com medo de incomodar, sabe? Era como se eu fosse visita na casa dele e, ao mesmo tempo, ele fosse visita na minha. De qualquer forma, até hoje parece que todos os dias são finais de semana.
  • Também era estranho o fato de não nos falarmos mais pelo celular antes de dormir e nem de mandar mensagens de bom dia todas as manhãs.
morando junto
Digamos que a comunicação agora está muito mais fácil.
  • Ao mesmo tempo, éramos os mesmos. Não passamos a brigar (como tentaram me apavorar me alertaram que poderia acontecer), a relação ficou ainda mais próxima. O fator “saudade” não era mais desesperador como no namoro (embora eu tenha saudade dele enquanto trabalho), mas agora fica aquele aconchego no coração de que vou chegar em casa e ele estará lá me esperando. É muito bom sair de casa sabendo que voltarei e verei ele.
  • No início, estávamos meio paranoicos em deixar a casa SEMPRE em ordem e impecável. Estávamos sempre limpando, arrumando… E claro, logo eu estava esgotada. No começo cada um ia fazendo o que vinha na cabeça, tipo, quem ia lavar as roupas, quem ia passar o aspirador… E decidimos, então nos organizar: quem faria o quê, quando e com que frequência. Olha, foi a melhor coisa que fizemos, porque aí não me sinto chata de ficar lembrando ele de fazer as coisas (quer dizer, às vezes precisa, mas aí não me sinto chata HAHAHA).
  • Hoje, ainda tentamos manter nossa casa sempre organizada e limpa, na medida do possível. Tudo muda quando se tem gatos em casa, né? hahahaha hoje fazemos uma limpezinha um pouco mais pesada quando recebemos visita, e achamos ótimo, mesmo que a visita diga que não precisa disso: a gente meio que se sente na obrigação de qualquer forma, e isso ajuda a manter a ordem na casa.
  • Aliás, quando nos mudamos, sentimos muita falta de ter bichos, já que fomos criados rodeados de peludos. Voltando da lua de mel, já logo adotamos 2 gatinhos irmãos, Lucy e Google. Hoje temos também a Juju, gatinha que era da minha irmã e que passou a não se dar bem com as irmãs. Ainda, vira e mexe a Nina, minha cachorra (que mora com a minha mãe), vem passar umas temporadas conosco. Hoje a casa não está sempre limpa e arrumada, tem bolinhas de papel e bolotas de pelo espalhadas… Mas agora o lar tem mais calor, mais alegria! A família está completa <3
morando junto
Nina
morando junto
Google e Lucy
morando junto
Juju
morando junto
Nossa casa, antes de ter “vida”.

…. e depois! <3

13077103_10206330052833703_4126789821212939622_n

morando junto

morando junto

  • Sabe aquele estranhamento inicial? Hoje o estranhamento acontece quando lembramos de como era ANTES de morarmos juntos. É algo tão sem sentido: um universo em que Mayra e Vítor não compartilham o mesmo lar. É como se sempre estivéssemos morando juntos. E eu amo isso!
  • Um ponto negativo, mas que é inevitável: falar de dinheiro. Argh, como odeio isso. Mas quando o casal compartilha as contas, é inevitável.
morando junto
É assim que a gente se sente cada vez que vai no mercado.
  • Um ponto positivo além de todos que já citei, mas que entra aqui como um bônus: eu não preciso mais andar de mochilinha de roupas por aí e nem ele precisa mais levar o guarda-roupa no porta-malas do carro hahaha
morando junto
Era assim que eu me sentia.

Aliás, as dicas desse post ajudam muito se aplicadas no casamento, também. Porque morar junto não é fácil – quando os dois não se dedicam a manter o namoro mesmo estando casados.

E para vocês, como foi? Como está sendo?

 

Ceviche| Receita fácil, rápida, barata e light.

ceviche

Se você mesma vai preparar um almoço para servir no dia do casamento civil, ou se você mesma/a família vai preparar as comidinhas do seu casamento, veja como essa receita de ceviche é fácil e rápida de ser feita.

ceviche
Sirva em cumbuquinhas!

Trata-se de um preparo em que a proteína é cozida com a acidez dos ingredientes. Além de light, o ceviche é um prato diferente e fresquinho, muito comum no Peru.

Eu e meu marido comemos muito ceviche na nossa lua de mel na Argentina, porque ao lado do hotel tinha um restaurante peruano ÓTIMO e baratíssimo, chamado Chan Chan. Há algumas semanas bateu aquela saudade e fui procurar uma receita. Só que cada receita era bem diferente uma da outra, então pensei: vou juntar tudo e fazer a minha própria!

A princípio fiz uma versão mais carinha e chique (perfeita para casamentos), aproveitando que eu ia no Mercado Municipal de São Paulo, onde eu pude encontrar os ingredientes por um valor mais em conta. Nesse último final de semana, fiz a versão baratinha, apenas com o peixe comprado no Swift. Vou ensinar primeiro essa versão e depois mostro como dar um ugrade no ceviche hahaha

Receita de ceviche

Ingredientes

  • 2 sacos de filé de peixe branco congelado (cada saco costuma ter 800g). Eu fiz com o peixe alabote.
  • 1 cebola roxa grande
  • 6 limões
  • Azeite a gosto
  • pimenta-do-reino a gosto
  • sal a gosto

Corte os filés de peixe branco em retângulos. Reserve.

Corte a cebola roxa em tiras beeeeeem fininhas. Junte ao peixe.

Acrescente o suco dos 6 limões, o azeite, a pimenta e o sal e misture tudo, de forma que o peixe e a cebola fiquem bem envolvidos por esse suco.

Deixe na geladeira por no mínimo 30 minutos e PRONTO. É só comer/servir! Se você puder deixar marinando por algumas horas, melhor ainda.

Esta receita serve com folga pelo menos 6 pessoas. Se for servir como entrada, serve até 10.

ceviche
Esse foi o resultado.

Dando um upgrade: receita de ceviche de camarão

Os ingredientes são os mesmos, o que muda é que você usará a metade da quantidade anterior do peixe: apenas 1 saco de 800g.

Além disso, você acrescentará 1kg de camarão fresco limpo.

Para preparar o camarão

Encha uma panela de água e coloque para ferver. Depois que atingir o ponto de fervura, desligue o fogo e só então acrescente o camarão.

Deixe ele na água por 3 minutos e depois retire ele com uma escumadeira (ou escorra a água num escorredor de massas), deixe esfriar um pouco (pode usar água gelada para ajudar) e junte ao peixe e à cebola. Só então você coloca a mistura de limão, azeite, sal e pimenta. O tempo para marinar é o mesmo.

Infelizmente, no dia que fiz essa receita, a fome era tanta que nem tiramos foto hahaha

Mas ele fica mais ou menos assim:

ceviche
Você ainda pode acrescentar pedacinhos de tomate e enfeitar com salsinha.

Acompanhamentos

Caso você queira que essa entrada seja uma experiência peruana completa, sirva com estes acompanhamentos que quebram a acidez do prato.

Batata-doce

Você pode cozinhar ou assar no forno, e depois descascar. Sirva fatiada.

Milho

Fatie a espiga e refogue no azeite.

Piruás peruanos, a pipoca peruana

Uma pipoca feita com milho azul, que não estoura e nem fica branquinha como a nossa. Estranho, né? Ela abre um pouco e fica crocante e macia ao mesmo tempo. Lembra um pouco as pipocas que começaram a estourar mas não terminaram o serviço, só que fica mais macias do que essas (os mais velhos não precisam se preocupar com a dentadura). Se você encontrar esse milho para comprar, me conte aonde perfeito!

ceviche
Siva tudo junto em um prato, fazendo um montinho com o ceviche.

Nossa, estou fazendo esse post na hora do almoço e a barriga aqui já está pedindo clemência!

Bora lá almoçar!

 

Cortar a gravata do noivo: uma alternativa caso você não queira explorar seus convidados descaradamente.

Um costume bem conhecido nos casamentos tem sido o ato de “passar a gravata”, no qual os convidados dão uma contribuição em dinheiro (com valor estipulado pelos noivos ou deixado a critério de cada convidado) em troca de um pedaço de gravata do noivo.

Eu, particularmente, não gosto disso, e sei que muita gente não gosta.

1.jpg
(Imagem daqui.)

Pensa só: os convidados já deram presentes, muitos tiveram que comprar roupa para a ocasião, e tem gente que faz o mesmo com o sapato da noiva.  Não cortando ele, claro, mas para arrecadar dinheiro das mulheres, que têm despesas ainda maiores em casamentos!

Claro, esse dinheiro é sempre bem-vindo e é uma boa ajuda aos noivos, que já têm muitas despesas, mas a forma que isso é feita pode ser diferente.

Pensando nisso, eu e meu noivo decidimos não cortar uma gravata, e sim sorteá-la.

Nosso sorteio da gravata do noivo

Não sorteamos a gravata em si que ele usou, porque era alugada HEHE

Mas compramos uma gravata bem bonita e pedimos aos padrinhos para nos ajudarem.

Precisamos de 3 homems:

1 para anotar o nome de quem contribuiu e colocar em uma latinha onde dizia “Vaquinha da lua de mel”

1 para recolher o dinheiro e colocar em uma garrafa com os mesmos dizeres

1 para mostrar a gravata a ser sorteada e colar um adesivo em quem contribuiu (para evitar de pedirem novamente a quem já contribuiu).

50-adesivos-hora-da-gravata-gravata-noivo.jpg
Você encontra esses adesivos online ou na rua das noivas. Geralmente vende pacotes com 100 adesivos.

Pedi aos padrinhos que:

  1. Não estipulassem valor, cada convidado contribuiria com quanto pudesse, mesmo que fosse 1 real.
  2. Não insistissem e nem forçassem a participação de ninguém.
  3. Não zuassem quem contribuisse com pouquinho.

No fim, o noivo fez o sorteio logo após a outra brincadeira que ele fez na festa (que contarei no próximo post) e até pareceu marmelada, mas quem foi sorteado foi justamente um amigão nosso, namorado de uma das minhas damas de honra!

1453289_10203969686002914_3958645251413873599_n.jpg
Ele já colocou na hora e isso rendeu até foto no insta!

Ou seja: todos participaram (até uma das minhas madrinhas hahaha) de forma leve e tiveram a oportunidade de ganhar uma gravata INTEIRINHA… Afinal, o que os homens iriam fazer com um pedacinho de gravata além de passar raiva?

Cogitamos também sortear entre as mulheres um batom igual ao meu, mas pensando no tanto que as mulheres gastam para ir a casamentos, descartamos a ideia.

E aí, o que acharam?

Como fazer o namoro sobreviver ao noivado.

Existe um fato ao longo do noivado: a relação do casal pode mudar, e muito. Não há garantias de que seja para melhor. Irônico, né? Justamente quando os dois estão preparando o dia mais feliz da vida deles, o romance pode se perder. Mas tudo vai depender do tipo de relação o casal tem, e já nessa fase alguns pontos podem servir como pistas de como vocês lidarão juntos com dificuldades e um trabalho em equipe nos anos de casados.

Mas a questão é: como não deixar o romantismo ser engolido pela rotina dos preparativos?

tumblr_lqplufsvIP1qiygj5o1_500.gif

  1. Não deixem de fazer passeios românticos: não precisa ser um jantar em restaurantes carésimos, mas uma volta no parque, um cinema ou até mesmo uma tarde vendo Netflix. Tirem um tempo para VOCÊS, sem ser para resolver pepinos do casamento.couples-photography-san-francisco-bay-area.jpg
  2. Divida tarefas. Muitas noivas pegam todas as obrigações para si, afinal, há a lenda de que apenas ela sonha com isso desde criança. O noivo pode estar tão ansioso como você, e ter sonhado com esse dia desde quando te conheceu, sabia? Pergunte a opinião dele (de verdade, considere a resposta dele, não faça isso “apenas para constar” para depois escolher o oposto do que ele escolheu). large.jpg
  3. Mas entenda as limitações dele, sem mágoas. Homens não gostam de escolher as flores do casamento, por exemplo, e isso não quer dizer que ele não se interessa pelo casamento. Homens sequer entendem de flores e cores! Nesse ponto, saiba que ele está sendo sincero quando diz que confia na sua escolha. No máximo, diga: “penso em flor x da cor y, olha na foto, acha bonito?”. Ele agradece!tumblr_la07anVSri1qd5i7to1_500_large.jpg
  4. Combinem 1 dia por semana (ou por mês) em que o assunto casamento é proibido! Tentem voltar no tempo em que esse assunto sequer existia e conversem apenas sobre o dia, sobre um filme, sobre algum livro… Ou seja, façam coisas que vocês costumavam fazer quando eram apenas namorados, afinal, esse carinho deve permanecer após o casamento. Senão, depois que o casamento passar, sabe qual vai ser o único assunto? Compras e contas a pagar. E tchau, romantismo.fight7.jpg
  5. Continue sendo amiga de seu noivo. Um dos elementos que faz o namoro dar certo é a cumplicidade/amizade entre vocês, e o mesmo vale para o casamento. Não deixe essa amizade morrer. Façam coisas que façam os dois rirem, não perca o bom humor. Dizem que homens adoram quando as mulheres riem de suas piadas. Mas eu acredito que eles se apaixonam pra valer quando elas fazem eles gargalharem 😉couple-cute-hot-kiss-Favim.com-1304072.jpg
  6. Planejem algo para depois do casamento e da lua de mel: qual vai ser a próxima viagem? Qual o próximo passo? Filhos? Adotar um animal de rua? Um curso juntos? Não vejam o casamento como foco primordial da vida a dois.tumblr_ngb71v2UDs1sinx37o1_400.jpg
  7. Tente se divertir no processo de planejamento e lembrem-se: isso tudo está acontecendo para que vocês celebrem o amor de vocês dois. tumblr_lwjijzWT8Z1qan9r1o1_500.gif

 

Casamento Fran e Thiago | #JáCasei

No dia 30/01, a Fran Moraes e o Thiago Pereira se casaram!

Confira as fotos desse dia tão lindo <3

Os noivos:

casamento fran e thiago

casamento fran e thiago

 

casamento fran e thiago
Buquê amarelo traz muita alegria e luz!

casamento fran e thiago

casamento fran e thiago

A noiva:

casamento fran e thiago 

No dia da prova do vestido:

casamento fran e thiago
Vestido acinturado e soltinho embaixo: não tem como errar, fica lindo e deixa o corpo com um formato incrível!
casamento fran e thiago
Essa cauda! :O <3

Mais detalhes do vestido:

casamento fran e thiago
Detalhes do bordado: delicado e romântico

casamento fran e thiago

 

Após o casamento, os noivos curtiram a lua de mel em Guaratuba, Paraná. Que delícia!

casamento fran e thiago

Felicidades, Fran e Thiago! Obrigada por compartilhar conosco este momento tão especial!

 

Já casou? Mande as fotos para nós e conta tuuuuudo mandando e-mail ou por mensagem na nossa página do Facebook!

 

Leia também:

Entrevista com a noiva Mari L. S. Sampaio

Entrevista com a noiva Patricia Toledo

Casamento Paty e Alê em Campos do Jordão

Casamento Carlos e Felipe – casamento homoafetivo

 

A história dos vestidos de noiva | 1930, 1940 e 1950

No último post sobre a história dos vestidos de noiva, vimos como era a moda e o contexto de 1900, 1910 e 1920.

Mas a situação das noivas ficou bem difícil nas décadas seguintes.

1930

345c2d09b2583fa7fff5d3b4e2575302

Usava-se vestidos florais, geralmente na altura da panturrilha, ainda com cintura baixa (mas um pouco mais alta do que na década de 20). Aliás, a partir dessa década a cintura começou a ser cada vez mais apertada.

e9a0088c4f89d896033d4cc4669b5719

Algumas noivas optavam por utilizar um chapéu ao invés de véu.

O estilo hollywoodiano começou a pegar de vez, e as noivas começaram a usar o cabelo um pouco mais comprido, com ondulações.

A maquiagem consistia em pele pálida, sobrancelhas bem fininhas e lábios vermelhos.

O buquê geralmente era o mais simples possível, com flores colhidas.

938d479be121b0ddbdea9cc6fe39bfa8

Por que este look?

Essa foi uma década muito difícil economicamente falando, por isso as noivas usavam o melhor vestido que elas já possuíam. As que compravam vestidos novos, optavam por modelos que poderiam ser reaproveitados posteriormente, apenas tingindo o vestido de outra cor.

O sucesso dos filmes de Hollywood começou a trazer um look com mais glamour para os looks (para quem pudesse pagar).

1940

img-thingMuitas noivas utilizavam tecidos de cortina para fazer os vestidos, os véus eram bem simples e anexado a algum chapéu que a noiva já tivesse e gostasse.

Corsets marcavam bem a cintura, promovendo um visual de ampulheta.

1940s_Mohany_1272284037_51

Por causa da crise, a maquiagem era minimalista, chegando ao ponto até de substituir o blush por beliscões nas bochechas. As mais privilegiadas usavam batom vermelho, delineador e sobrancelhas bem arqueadas. Os cabelos eram usados em tamanho médio, com cachos e ondas emoldurando o rosto.

Os buquês eram raros, porque o solo estava sendo utilizado apenas para o plantio de alimentos. Algumas noivas conseguiam fazer um buquê com algumas rosas plantadas no próprio jardim. Mas nada é impossível para a realeza, que usava buquês de lírios do vale e orquídeas.

Por que este look?

Neste período acontecia a Segunda Guerra Mundial, e se a situação já estava apertada para as noivas da década de 30, a coisa piorou muito para as de 40. Os casamentos eram apressados, às vezes até organizados em poucos dias, para acontecer antes de o noivo ir para a guerra :'(

1950

wedding dress 1950wedding dress 1950

Nessa década, o corpete era bem justo ao corpo e a saia era bem rodada, ou seja: aqui nasceu o vestido princesa!

wedding dress 1950

Era bem comum usar luvas, véus de tamanho médio e decote “sweetheart”, que foi popularizado por Elizabeth Taylor no filme O Pai da Noiva.

elizabeth taylor the father of the bride

A maquiagem era inspirada em Marilyn Monroe e na lindinha da foto acima, com lábios vermelhos, delineador e muuuitos cílios. Sobrancelhas bem preenchidas e arqueadas eram as mais usadas, e os cabelos eram curtos e ondulados.

O buquê era grande e com flores locais da época.

Por que este look?

Esse estilo “cintura apertada e saia princesa” surgiu graças ao lindo amado idolatrado raio estrela e lua manhã de sol meu iáiá meu iôiô Dior! Nessa década também houve o impacto do Rock n’Roll e da noiva que até hoje considerada a mais elegante: Grace Linda Kelly. Até hoje o vestido dela inspira o de muitas noivas!

grace kelly wedding
Sério. Não consigo lidar. QUE LINDA!
Grace-Kelly-Wedding
Aff aff aff PERFEITA.

Espero que tenha gostado de mais essa viagem no tempo.

Fique atenta, a qualquer momento vai rolar o post dos vestidos de 1960, 1970 e 1980!

Fonte: http://www.fairmont.com/infographics/wedding-dresses-history/

%d blogueiros gostam disto: