E finalmente o grande dia chegou: o casamento da minha irmã!

E claro, eu não poderia deixar de registrar o backstage do casamento da Milena e do Daniel com um vlog bem "do meu jeitinho" hahaha

E claro, eu não poderia deixar de registrar o backstage do casamento da Milena e do Daniel com um vlog bem “do meu jeitinho” hahaha

Aperte o play e confira!

Com certeza foi o casamento que mais me fez chorar, afinal, é como eu disse na nossa página: durante a vida toda sonhamos em ser noivas, mas a vida não prepara o nosso coração para a emoção de ver sua irmã como noiva!

Agora, alguns pontos que minha irmã pediu que eu ressaltasse nesse post, para que vocês se atentem em relação aos fornecedores:

(pediu mesmo, até brincou: “Eu PAGO pra você escrever isso!”)

  • O vestido dela, feito na loja Juarez Fernandes (mesmo local onde fiz o meu vestido e o vestido que minha mãe usou no meu casamento) logo no início da festa DESCOSTUROU na frente, ou seja, toda a base do vestido soltou do decote da renda, deixando um look um tanto… revelador. Logo no início da festa, como eu disse. Quando ela foi ao banheiro. Ela não fez nada demais, a costura simplesmente se desfez. E logo que minha irmã vestiu o vestido, ela já tinha sentido que aquilo estava meio frouxo. E aí, quando soltou de vez, a assessora dela teve que recosturar tudo, e AÍ SIM o vestido ficou firme e ofereceu o suporte necessário para a noiva (se é que vocês me entendem)… Ou seja, talvez a loja devesse contratar essa assessora xD
  • O DJ da TBS Premium pirou na batatinha. Minha irmã enviou um roteiro DETALHADO das músicas da cerimônia, mas ele errou feio, errou rude. Eu reclamei que o meu DJ errou várias coisinhas, mas ninguém mais percebeu, apenas eu e o Vítor, que conhecíamos a sequência certa. Mas não foi o caso dos erros do DJ do casamento da minha irmã: eles foram perceptíveis para os convidados, pois por diversos momentos a cerimônia ficou sem música alguma, ele fez cortes secos e (acredito que) o pior: sem querer colocou a música de saída dos noivos (uma do KISS!!!!) bem nas palavras sobre espiritualidade de uma das madrinhas, um momento que era para ser mais emocionante e introspectivo. Colocou a música, ela tocou alguns segundos e depois ele deu aquele cortão seco. Resultado: os noivos ficaram tão perturbados com isso que sequer puderam curtir a cerimônia como se deve.
  • E não foi só aí que minha irmã, com razão, ficou chateada: na festa também. Ela foi bem clara em relação às músicas que ela queria e as que não queria. Ela disse para mim que a festa seria praticamente como uma balada dos anos 80 e com funks clássicos (ela LISTOU que músicas queria, pra não ter erro), sem as músicas irritantes de modinha. No fim, ele só tocou UMA música dos anos 80, muitos funks que ELE julgava clássico (e que ela não queria que tocasse – até que ela foi reclamar e ele colocou os que ela pediu) e TACOU música irritante de modinha (quando começoou a tocar o TRA TRA TRA e o Lepo Lepo, pensei: SENHOR, que ela não esteja ouvindo isso!).

Basicamente foi isso. Problemas, sempre vão existir.

Mas os pontos positivos também!

  • A decoração estava impecável e a equipe do buffet foi muito atenciosa.
  • A comida? INCRÍVEL!
  • A assessora foi ótima e, de fato, ter uma profissional competente para fazer esse trabalho é fundamental.
  • A maquiadora e a cabeleireira foram incríveis, pontuais e muito atenciosas, fazendo exatamente o que pedimos e, quando tiveram a liberdade de escolher por nós, elas souberam tomar ótimas decisões. Por exemplo, deixei a escolha do meu batom por conta da profissional, e no fim ela escolheu melhor do que eu teria escolhido. E elas foram bem rápidas, deram conta de arrumar 4 pessoas com folga de tempo e tranquilidade.

Bom, agora aguardem as fotos oficiais do grande dia! Esse post foi apenas uma prévia 😉

Comente