Estávamos no sofá do apartamento dele.

Ele, de laptop no colo, pesquisando eletrodomésticos para nosso futuro lar.

Eu, de celular na mão, acompanhando a pesquisa com ele.

Mas sou geminiana, posso cair fácil na distração – de verdade, posso estar falando com você sobre Arquivo X e aí você menciona alguma coisa que me lembra outra coisa, que me leva a lembrar de outras X coisas… Que me leva a me questionar e pesquisar: quanto custa um pé de alface? Isso tudo em uma fração de 1 segundo.

Bom, me conhecendo há quase 5 anos e meio, ele tirou o celular da minha mão e o deixou do outro lado do sofá, para eu me focar na pesquisa com ele.

Até que houve um momento em que ele se levantou e foi para a cozinha, a fim de verificar a capacidade em litros do liquidificador da mãe dele, para ver se o modelo que gostamos tinha uma capacidade ok. Mas, de pirraça, ele levou consigo meu celular… Mas deixou o laptop no sofá.

Quando voltou, me flagrou mexendo. Foi ver o que eu estava pesquisando.

– Eu não acredito que, enquanto pesquiso coisas pra nossa casa, você está pesquisando isso!

Minha pesquisa:

Screen Shot 2016-02-22 at 1.56.04 PM.png

Porque eu queria ouvir isto:

 

Quem pode me culpar?

Life-a-a-Princess-merida-34917500-1920-804.jpg

Comente