Você já pensou em como estará se sentindo quando faltarem poucos dias para o seu casamento? Eu não consigo nem imaginar!

Por isso fui conversar com a Patricia Toledo, 30 anos, que vai se casar nesse sábado.

paty
Fotos do casamento civil: André D’Ugo.

Blog Tô Casando: Seu casamento será no próximo sábado. Falta muita coisa?

Paty: Por mais organizada que sejamos, sempre faltam detalhes no final. Hoje mesmo a decoradora me ligou para acertar os últimos detalhes. Algumas coisas que eu havia encomendado na net para o casamento (tipo robes e vaquinha dos noivos) não chegaram a tempo. Então amanhã cedinho tenho que ir correndo comprar essas coisinhas que faltam. Não adianta, tenho cerimonialista e assessora, mas mesmo assim a noiva tem sempre que colocar a “mão na massa” para sair exatamente como sonhamos.

BTC: Seu civil já foi e agora falta o religioso. Você já se sente uma mulher casada? Ou se sente “meio casada”? Ou ainda sente que dá pra ir até o chão com a Single Ladies?

Paty: Hahahaha para falar a verdade, nada muda! Como já moramos juntos, não senti nenhuma diferença. Lógico, o sentimento é outro, de felicidade mil, sem palavras para descrever.

BTC: Durante o planejamento do casamento, quantas pessoas você teve vontade de matar? Alguém conseguiu despertar a Bridezilla? 

Paty: Meu Deus. Tive vontade de matar muitassss pessoas. Principalmente aquelas que dão palpite onde não são chamadas (e nem perguntadas) e na hora da lista dos convidados. Essa foi uma das piores horas. Saiu briga e tudo. Mas no fim, tudo se ajeita. O que me fez e faz arrancar os cabelos foram os fornecedores que são muito lentos. Serviço aqui no Brasil é muito ruim, muito mesmo! E não paguei barato nas coisas, viu?! Paguei caro. E mesmo assim tem gente que é muito lenta, muito lerda e que não dá a devida atenção para os noivos. É de dar nos nervos. E a palavra “casamento” encarece milhões de vezes mais. Tudo fica 3x mais caro por ser “casamento”.

BTC: O que você está vivendo hoje em relação aos preparativos que no começo você NÃO FAZIA IDEIA de que viveria?

Paty: Muita pressão. Pressão para todo lado, que antes não tinha por ter muito tempo pela frente. Mas hoje, faltando apenas poucos dias, tem muita coisa para resolver ainda. Pequenos detalhes, que se juntados dão muitos, e só quem casa sabe como é. Você praticamente vive para o casamento.

BTC: Algumas noivas reclamam que o noivo não participa muito dos preparativos. Qual foi o grau de participação do seu?

Paty: Ah! Meu noivo ajudou bastante. Até o meu vestido do civil ele ajudou a escolher. Os convites, o menu, alguns detalhes. Ele deu opinião em quase tudo. Mulher tem que entender que a maioria dos homens não liga para certas coisas, como cor de decoração. Homem olha e acha tudo lindo, não importa se é vermelho, verde, azul ou amarelo. A cor que você escolher ele vai amar. A não ser que sejam aqueles que querem participar 100% (sei lá, existe isso?). Agora, decoração, música da igreja, música da entrada, cor disso, cor daquilo, kit toillet, lembrancinha e etc., a maior parte desses detalhes é a mulher mesmo quem decide.

meio post
s2

BTC: Alguma dica importante para as noivas que estão começando a planejar o casamento?

Paty: Sim, veja tudo com antecedência. O meu eu comecei a ver 1 ano e meio antes, e mesmo assim ainda tem coisas para fazer. São muitos detalhes, como já falei inúmeras vezes. É essencial ter uma cerimonialista e/ou assessora. Nas piores horas, elas que te salvam. Pesquisem, pesquisem muito!!! A maioria dos fornecedores deve ser por indicação de outras pessoas. E ainda assim você corre o risco de não sair 100% como você quer. E por último, não deixe muitas pessoas darem palpite. As pessoas são muito sem noção hoje em dia, e normalmente acabam se metendo onde não são chamadas. Pedir opiniões sempre é valido, porém deixando bem claro que você quer “X” e não “Y”.

BTC: Que dica você daria para as noivas sobreviverem à última semana?

Paty: Gente, escutem muiiiita Enya, Loreena McKennitt, Buddha Lounge, músicas para meditação. Durmam bastante, o máximo que conseguirem (e se a insônia deixar). Cuidado com a ansiedade, ela pode fazer você ganhar uns quilinhos (como eu, que ganhei 1 kg). Tenha muita paciência e tente não ficar nervosa. Tome um passiflora ou chá de flor de maracujá até o dia do casamento (de preferência com um copo de vinho!!! Hahaha). E chegando o dia, se divirta o máximo que você conseguir! Passa rápido, muito rápido.

final do post
Felicidades, Paty e Ale! E que venha agora o religioso!

Choquei com essa informação de que a ansiedade pode fazer a gente ganhar uns quilinhos. O que muita gente me diz é que a noiva fica tão ansiosa que emagrece horrores (mas para mim, engordar faz mais sentido, porque a ansiedade me dá fome).

Você pode ver aqui as outras fotos do civil e almoço do casamento da Paty!

7 comments on “Entrevista com a noiva – Patricia Toledo #JáCasei”

  1. Uhull! Ameiiii! E que chegue logo o religioso porque eu não aguento mais ter que resolver coisas! kkkkkk

Comente